Bem-vindo | Üdvözlünk!



Este é um site com a função de auxiliar e esclarecer os descendentes de húngaros, a localizar informações para conseguir a cidadania húngara, especialmente após a nova lei, aprovada pelo Parlamento daquele país em 2010.

Importante destacar as diferentes formas de cidadania, que estarão sempre presentes nas seções desse site.

Cidadania Simplificada

Este modelo é usado no caso de descendentes que solicitarão a sua segunda cidadania, utilizando a nova lei de 2010, comprovando seu parentesco.

Cidadania Tradicional

Este modelo é para cidadãos húngaros, que nasceram na Hungria ou conseguiram a cidadania por outros meios e desejam recuperá-la.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

32 Responses to Bem-vindo | Üdvözlünk!

  1. Lilian says:

    Sou bisneta de hungaros nascidos na extinta Iugoslavia, falo poucas palavras passados pelos familiares e tenho interesse em aprender o idioma, como tbm obter cidadania, como saber qual país se tornou após a extinção. se na certidao dos meus bisos esta escrito a cidade de Nova Kanija, que ao pesquisar encontrei a palavra Kanjiza, o nome deles Kristina Gera e Stefano Gera

  2. Yuri says:

    Olá,
    Gostaria de contar brevemente sobre meus antepassados para eu saber se posso pleitear a cidadania. Meu bisavô nasceu em Pakrac (atual Croácia) em 1912 e minha bisavó nasceu em Nagybecskerek ou Zrenjanin (atual Sérvia) em 1921. Vieram ao Brasil em 1926 e 1923 respectivamente. Se conheceram e casaram-se aqui.
    Eles descendem de famílias totalmente húngaras, mas não sei se o governo húngaro reconhece tais cidades dessas datas.
    Além disso, os funcionários da imigração/cartórios brasileiros daquela época faziam um trabalho terrível! Em nenhum documento que tenho acesso foram registrados como húngaros, apenas como Iugoslavos, há também documentos de meu bisavô com datas de nascimento diferentes, registraram minha bisavó como nascida em “Felsu” nome que de forma alguma consegui relacionar com a cidade que ela afirmou que nasceu e existem algumas divergências nas grafias de alguns sobrenomes entre documentos.
    Então, gostaria de saber se apesar de tudo possuo boas chances de adquirir a cidadania, para investir nisso, principalmente no aprendizado do húngaro. Obrigado!

    • colaborador says:

      Olá Yuri, voce tem 99,99% de chance de conseguir a cidadania húngara, só depende de voce mesmo (o aprendizado da língua). Já tivemos dezenas de famílias de Nagybecskerek que pleitearam e conseguiram. Sabemos dos erros e abrasileiramentos nos registros de imigração do início do Século 20. Não há problema algum.

      • Yuri says:

        Muito obrigado pela resposta e atenção!
        Então, para eu começar, neste site eu vi que prestam um serviço para localizar documentos de antepassados húngaros, mas vocês oferecem também algum serviço de consultoria para orientação sobre todo o processo, como documentos, preenchimento de formulários, solicitações etc?

  3. Rodrigo Brito says:

    Sou bisneto de Stefan Mehes, eu consigo a cidadania?

  4. Elis Von Flach Jurassa says:

    oi, sou bisneta de húngaros, mas quando foram registrados na alfandega brasileira seus sobrenomes foram escritos de forma errada (não encontro vestigio do nome), como faço para saber a forma correta de escrever??
    Nos documentos foi escrito JURASSA.

    Obrigada.

  5. Vinícius Duzanski says:

    Olá! Tenho uma pequena dúvida em relação à cidadania:

    O meu avô veio da antiga Iugoslávia e a minha bisavó (mãe da minha avó) veio da Áustria… eu consigo a cidadania húngara? Tem mais algum país que eu possa ter a cidadania também? Ex: será que consigo a cidadania da Áustria?

    Obrigado!

    • colaborador says:

      Olá Vinicius, antes de verificar a documentação do seu avô “iugoslavo” (provavelmente húngaro) não podemos garantir nada. O que sabemos é que a cidadania austríaca é muito difícil, quase impossível depois de tantas gerações. Escreva para [email protected] e ajudaremos com as buscas!

  6. Marcos p torres says:

    Boa noite, meu pai tem a mãe húngara , seu sobrenome é Zagonhim, acho que esse nome foi escrito errado pois não encontro outro similar examinando nomes húngaros, será que alguém conhece esse sobrenome?

    • colaborador says:

      Olá Marcos, sim – o sobrenome originalmente era Zágonyi ou Zágoni. Já tivemos dois ou tres casos de cidadania com esse mesmo sobrenome.

  7. Allan says:

    Prezados Senhores,

    Meu nome é Allan Mochny, sou brasileiro, tenho 33 anos e trabalho atualmente na área de Hotelaria no Brasil.

    Estou montando a árvore genealógica da minha família e estou tendo dificuldades para localizar a certidão de nascimento do meu avô paterno Kurt Otto Mochny.

    Ele nasceu em 01/11/1924 na cidade de Czernowitz, que na época fazia parte do território Romeno, porém atualmente pertence ao país da Ucrânia e o nome da cidade tem escritas distintas: Chernivtsi (Ucrânia, Чернівці, t͡ʃerɲiu̯t͡sʲi, em polonês – Czerniowce, Alemão – Czernowitz, em Romeno – Cernăuţi, em russo – Черновцы), o que dificulta minhas buscas.

    Possuo documentos do meu avô atestando que ele era Católico Romano, então provavelmente foi registrado e batizado em uma igreja Católica Romana.

    Meu avô era filho de Anton Mochny e Malvine Blum, ambos nascidos e casados em Czernowitz, de acordo com os meus registros.

    Há algum tempo venho tentando localizar esse documento porém sem sucesso. Então, gostaria de solicitar vossa ajuda para localizar a certidão de nascimento do meu avô Kurt Otto Mochny e se possível dos meus bisavós Anton Mochny e Malvine Blum.

    Desde já agradeço a atenção.

    Cordialmente,

    • colaborador says:

      Olá Allan, fazer buscas genealógicas hoje em dia na Ucrania é uma tarefa muito difícil, quase impossível.
      Se voce tiver documentos originais do seu avo, por exemplo a certidao de casamento dele com a sua avó (que já deve ter ocorrido no Brasil), por favor nos procure através do email [email protected]

  8. Atila Csobi says:

    Bom dia,
    Sou filho de hungaro mas estou com dificuldade na obtenção de uma certidão de casamento de meu pai com sua primeira esposa. Já estou em contato com o consulado e este é o ultimo documento que preciso anexar. Vcs teriam indicação de algum escritório que faça esse tipo de serviço (obtenção de certidões e documentos lá na Hungria) ??

    Obrigado desde já.

  9. jorge dobis says:

    Boa noite amigo, eu visitei o site de vocês e peguei seu e-mail, pois estou com uma grande duvida:
    Meu avô veio da Hungria, tem os documentos que comprovam sua nacionalidade, porém já falecido. Sou casado e queria saber,para obter a dupla cidadania, somente eu (marido), ou também minha esposa temos que aprender o idioma húngaro nível básico ?

    • colaborador says:

      Sua esposa (já que nao tem sangue húngaro) deverá aguardar primeiro voce obter a sua cidadania e depois dar entrada na dela, caso ela também queira ser húngara. Voce só precisará aprender o idioma se o seu processo for o “simplificado”. Seus filhos menores terao direito, os maiores de 14 anos deverao aprender a língua.

  10. Balogh says:

    Saudações,

    Sou neto de húngaro, falecido, mas tenho RG no qual consta o local de origem (hungria), tenho certidão de nascimento e óbito. É possível iniciar o processo de cidadania nesta situação?

    Obrigado!

  11. marcos says:

    Boa tarde, eu sou neto e bisneto de hungáro, mas não sei hungáro.
    A minha esposa e os meus dois filhos também consegue ter?

    • colaborador says:

      Sim, mas ela terá que aprender o idioma primeiro. Provavelmente voce também, dependendo do ano em que os seus avós e bisavós saíram da Hungria.

  12. Talita Rutka says:

    Olá, sou bisneta de húngaros, eu consigo tirar cidadania?
    Obrigada

  13. Não é possivel acessar o formulario de Cidadnia Simplificada no Link.

    Fui duas vezes ao Consulado, na primeira vêz fui avisado na Portaria do prédio que estavam muito ocupados e deveria voltar na sexta feira. Voltei novamente na Segunda e de novo não fui atendido no Consulado, a funcionaria Sylvia desceu à portaria e me entregou um bilhete com a nome do site a ser acessado. Não disse nada sobre a diferença entre um e outro. Conversei em bom Húngaro com ela portanto acho que deveria ter identificado meu pedido como ” simples” pois também mencionei que meus irmãos e sobrinhos já haviam concluído o processo e recebido a Cidadania. Sòmente acho que um Consulado em período e horário de atendimento ao público deve receber dignamente os visitantes. Afinal não fui lá para entregar Pizza…

  14. christian magassy says:

    ola sou filho de hungaros ,minha esposa conseguiria tambem o passaporte hungaro

  15. Estefano Fáy says:

    Gostaria de saber qual o nível de húngaro necessário para a cidadania simplificada?

    Caso eu queira a cidadania para mim e para meus filhos, quem tem de saber húngaro?

    A cidadania simplificada é definitiva?

  16. mario coconesi says:

    Sou neto de hungaros e gostaria de receber informações sobre como conseguir documentos originais de meus avós, para posterior solicitação de cidadania.

  17. Erica Falusi says:

    Adorei o site !!!
    Bonito e objetivo !
    Erica

  18. Luciani Cristina Siewerdt Stein says:

    Parabéns pelo Site, é uma ótima ferramenta de comunicação.

    Um forte abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *