Qual a diferença entre a cidadania simplificada e a tradicional? Sou bisneta de húngaros, cuja cidadania caducou. Tenho direito à cidadania húngara pela versão simplificada?

Rating: +3

Positive Negative

A simplificada permite que você consiga a cidadania mesmo que seus parentes tenham vindo de regiões que não são mais Hungria e com documentos menos complexos, porém você deve falar o básico do idioma. A tradicional não precisa do idioma, porém tem mais formalidades. Fale com o consulado em SP, que te explicarão melhor.

35 Responses to Qual a diferença entre a cidadania simplificada e a tradicional? Sou bisneta de húngaros, cuja cidadania caducou. Tenho direito à cidadania húngara pela versão simplificada?

  1. Nicolas Matrai says:

    Olá, boa noite!

    Tenho uma dúvida sobre a cidadania não simplificada. Você diz que ela tem “algumas formalidades” a mais… o que seria exatamente?

    Sou neto de Húngaros por parte de pai. Ambos meus avós húngaros faleceram recentemente, possuo os documentos deles da Hungria e não falo mais que 5 palavras em Húngaro. Quão mais difícil é tirar a cidadania Húngara nesse caso?

  2. Vinícius Keck says:

    Bom dia!

    Sei que aqui é um espaço para cidadania húngara mas tenho algumas dúvidas e talvez vocês possam me ajudar um pouco.
    Minha bisavó veio da Iugoslávia ainda criança, durante a guerra (da cidade de Sivac) e tinha o sobrenome Zahner. Meu bisavô por sua vez era mais velho e assim veio um pouco mais velho, porém, da Alemanha (onde nasceu) e tinha o sobrenome Keck.

    Eles não chegaram a se casar e meu avô tem o sobrenome Keck apenas.

    A minha pergunta é a seguinte: Eu posso pedir dupla nacionalidade para quais países nesse caso? Alemanha (Bisavô)? Sérvia, Hungria (Bisavó)? E caso eu possa pedir para ambos qual seria mais fácil de conseguir?

    PS: Tenho documentos por parte da minha bisavó apenas, do meu bisavô não tenho nenhum documento.

    Muito obrigado.

    • colaborador says:

      Olá Vinicius, Aparentemente o mais simples e rápido seria a cidadania húngara mesmo, mas é melhor voce entrar em contato com o Consulado Geral em São Paulo e averiguar. Sivac fazia parte do Reino da Hungria antes do Tratado de Trianon. Se precisar de ajuda referente aos documentos de origem do seu bisavô pode contar conosco!

      • Vinícius Keck says:

        No caso dá cidadania Húngara levando em consideração o que tenho é tudo mais qual processo seria o meu? O simplificado?

  3. Cassius Horvath says:

    Olá!
    Meu avô, nascido em Budapest, chegou ao Brasil ainda menino em 1923. Em 1929 não tinha 18 anos ainda. Mesmo assim tem que se utilizar o processo simplificado?

    Obrigado!

  4. Mateus Land says:

    Bom dia,
    Até qual geração eu consigo tirar a cidadania húngara por parte da minha mae? Sei que tenho o parente húngaro mas não identifiquei qual parte da família é ainda.
    Vi que em um dos comentários você respondeu a uma menina que perguntou sobre ser trisneta concede direto e você disse que sim.. Até qual das gerações eu consigo pegar a cidadania?

    • colaborador says:

      Olá Mateus, não há limite de gerações. Temos um caso agora onde o antepassado húngaro nasceu em 1801. O importante é aprender o idioma.

  5. Leandro Custodio Bunscheit says:

    Olá preciso muito de ajuda para encontrar algum documento húngaro de minha bisavó, que estão no país. Encaminhei um e-mail para vocês com alguns documentos que possuo. Já liguei no consolado e estou ciente que do meu processo, e a necessidade de aprender a língua húngara (estou um pouco medo confesso kkkk)… peço muito a ajuda de vocês.

  6. Carlos says:

    Bom dia,
    Meus avós maternos nasceram em Becskerek em 1894 e 1896. Eles eram Hungaros ou seja, faziam parte do Imperio Austro-Hungaro, depois a cidade deles virou Iugoslávia e depois virou Sérvia.

    Gostaria de saber, se neste caso eu conseguiria obter a cidadania húngara?

    Meu bizavo lutou na primeira guerra e depois foi para o Brasil com a esposa e filhos.

    Obrigado pela atenção.

  7. Joana Zacko says:

    Boa noite, sou trisneta de húngaros, gostaria de saber se é possível eu tirar a cidadania. Desde já agradeço 🙂

  8. Vinicius Mayer says:

    Olá Minha bisavó nasceu na Iugoslávia e veio para o Brasil em 1940. Ela já é falecida. Será que posso tirar a cidadania?
    Pesquisando no family search consegui encontrar o registro de estrangeiro dela. Talvez seja o único documento que eu consigo no momento. Com esse documento eu consigo fazer alguma coisa?

  9. Roger Apro says:

    Olá , gostaria de saber se tenho direito a ter cidadania húngara.
    O nome do meu avô : Sandor Apro

  10. Bom dia Sr.Consul Da Hungria , meu. Bisavô era médico na Hungria e veio para o Brasil entre 1910’e 1914 .Seu nome Era Walter Hans Reichert, e se radicou no interior de Santana Catarina (município de Alfredo Wagner nA época chamado de Barracão . Como poderia ter informações sobre sua entrada no Brasil?

    • colaborador says:

      Olá Eduardo, nós nao somos o consulado mas um site independente. Poderemos ajudá-lo a conseguir a certidao de nascimento do seu bisavô caso voce queira pleitear a cidadania húngara. Escreva para [email protected] e ajudaremos com todo prazer!

  11. SOFIA APARECIDA NYILAS FERREIRA says:

    MEU PAI FUGIU DA HUNGRIA NA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL, JUNTAMENTE COM SEUS PAIS E IRMÃOS, TODOS JÁ FALECERAM, É POSSÍVEL CONSEGUIR CIDADANIA HUNGARA, INCLUSIVE PARA MEUS FILHOS?

  12. SANDOR DOUKAY NYARI says:

    MEU BISAVÔ É FOI UM MILITAR DO ALTO ESCALÃO HUNGARO, O NOME DELE ERA PETER DOUKAY, ELE É PAI DE SANDOR DOUKAY.
    GOSTARIA DE SABER SE AINDA EXISTEM FAMILIARES NA HUNGRIA E TAMBEM GOSTARIA DE SABER SOBRE AS POSSES QUE ELE TINHA O QUE FORAM FEITO DELAS, OBRIGADO.

  13. CHIRLIANO CLAUDIO ROBADEL says:

    OI BOA TARDE ? SO PRECISO DE UMA IMFORMACAO SE O MEU SOBRENOME TEM ALGUM VINCULO COM A HUNGRIA “ROBADEL” OBRIGADO PELA ANTENCAO

  14. Humberto Garcia Brasil says:

    Boa tarde, gostaria de saber qual o procedimento para a obtenção da cidadania húngara para minha filha. Minha avó veio da Hungria entre 1918 a1922. Ela é bisneta e tem 15 anos. E também quais os documentos que necessitam para comprovar o parentesco e se é o tadicional ou simplificado.
    Mais uma dúvida: após obter a cidadania, tem algum custo para manter a situação de cidadã húngara?
    Obrigado.

    • colaborador says:

      Voces poderao pleitear pelo método simplificado. O conhecimento da língua é obrigatório. Nao há custo para manter a cidadania húngara, somente a renovacao do passaporte a cada dez anos.

  15. Margarete Freitas nagy says:

    Sr cônsul
    Os avós do meu marido eram húngaros já faleceram não sei falar o idioma gostaria de saber qual seria o procedimento para tirar a cidadania húngara .

    Atenciosamente ,

    Margarete Freitas Nagy

  16. Arthur says:

    Olá, minha bisavó nasceu em Trieste, na época do império Austro-Húngaro. Possuo direito à cidadania? Se eu aprender o básico de húngaro, como funciona o processo?

    Obrigado por disponibilizar este conteúdo aqui.

    Atenciosamente,

    Arthur Braga

  17. MARIA LAZAR FOSZTO DE HODARA says:

    Senhor Cónsul,

    Meu nome é Maria Lazar Foszto de Hodara, sou nascida em Kolozsvar, filha de paiis húngaros. Falo húngaro, e tenho tia e primas em Budapest. Gostaria de solicitar a cidadania húngara. Quais os primierios passos?

    Atenciosamente,

    Maria L Foszto de Hodara

  18. MARIA LAZAR FOSZTO DE HODARA says:

    Senhor Cónsul: Sou nascida em Kolozsvar em 1948, filha de familia húngara. Falo húngaro tenho uma tia e duas primas em Budapest e gostaria de solicitar a cidadania húngara. Como faço? Quais os primeiros passos?

    Atenciosamente,

    Maria L Foszto

  19. VALTER NUNES SOLYOM says:

    Boa tarde, como entro em contato para começar o andamento da obtenção da cidadnia Hungara?, por favor meu telefone é 11-98510 – 7618 ou 11-3482-6101

    Att

    VALTER NUNES SOLYOM

  20. Vinicius says:

    Bom dia! Sou trisneto de húngaros. Minha bisavó, que é filha de húngaros, ainda é viva. Seria possível que eu tirasse a cidadania? Desde já agradeço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *