Nova lei húngara sobre cidadania

Como era antes da nova lei

Documentos que provavam a cidadania:

  • Carteira de identidade húngara válida
  • Passaporte húngaro válido
  • Certificado de cidadania húngara, emitida há menos de um ano

Se alguém não tiver nenhum dos documentos acima, sua cidadania húngara terá de ser averiguada.

Por princípio, pelas leis húngaras, é cidadão húngaro quem é filho(a)/neto(a)/bisneto(a) de cidadão húngaro. Porém, a lei diz que quem saiu definitivamente da Hungria atual antes de 01.09.1929 e não retornou nos 10 anos seguintes (ou se não procurou um Consulado húngaro para confirmar que queria continuar sendo húngaro), perdeu automaticamente a cidadania húngara (porque interpretava-se este silêncio como desinteresse pela cidadania húngara). Os húngaros que moravam naqueles territórios que a Hungria perdeu nas duas guerras mundiais perderam sua cidadania com os tratados de paz, obtendo a cidadania do país que ganhou este território. Os húngaros expatriados para a Alemanha depois da Segunda Guerra mundial também perderam sua cidadania húngara. Além disso, até 30 de setembro de 1957 só obtinha a cidadania com nascimento cujo pai foi húngaro. A mãe só vale depois desta data.

A nova lei

O procedimento simplificado da Hungria representa um afastamento significativo do passado. Uma vez posta em prática, o processo poderá potencialmente reduzir o tempo de processamento de vários anos a uma questão de meses.

Algumas alterações importantes incluem:

  • Os indivíduos de origem húngara não terão que residir na Hungria para requerer a cidadania.
  • Documentos que comprovem a linhagem/parentesco húngaro
  • Os candidatos devem ainda ter um registo criminal limpo e conhecimento do idioma húngaro.
  • Podem solicitar a cidadania aquelas pessoas cujos bisavós, avós e pais que nasceram na hungria

Essa nova lei entrou em vigor em 01 de janeiro de 2011

459 Responses to Nova lei húngara sobre cidadania

  1. Rafael sabo says:

    Boa noite, obrigado pela oportunidade de comentar na página!
    Meu avô veio de Budapest, durante a guerra num navio para o Brasil é casou minha avó filha de espanhola.
    Sou Rafael Sabo, gostaria de saber se tenho direito a cidadania e se preciso falar o idioma? Obrigado

    • colaborador says:

      Sim Rafael, voce tem direito a cidadania húngara. O conhecimento do idioma depende do seu processo (tradicional ou simplificado), é melhor voce averiguar no Consulado Geral em São Paulo — vai depender da data em que o seu avo deixou a Hungria.

  2. Gabriela says:

    Boa tarde,
    Uma vez sabendo que o processo de cidadania será simplificado, qual é mais ou menos o nível de Hungaro exigido? (Ex. A2, B1..). Gostaríamos de saber mais ou menos quanto tempo teremos que estudar antes de fazer a entrevista.
    Depois de fazer a entrevista, quanto tempo os documentos demoram pra chegar?
    Muito obrigada!!
    Ficaremos no aguardo.

    • colaborador says:

      Olá Gabriela, quem poderá responder essa pergunta são os professores habilitados, consulte a lista no site. Depois da entrevista costuma demorar aproximadamente um ano para vc prestar juramento, receber a cidadania e requerer o passaporte.

  3. Robson L. Kiss says:

    Ola!! ,sou bisneto de húngaro, acredito pertencer a uma familia grande de hungaros (os Kiss), eu queria saber se para tirar ou melhor tentar a cidadania Hungara alem da documentação é necessário desembolsar algum valor (taxa) para ter a documentação assim como que eu sei em outros paises é necessário, fico no aguardo

    Abraço!!
    Robson L. Kiss

    • colaborador says:

      Olá Robson, sim, haverão algumas poucas taxas no Consulado Geral mas nada comparado aos valores pedidos pelos outros consulados.

      • Robson L. Kiss says:

        Aproveitando o gancho, em sua opinião a Hungria é um pais bom para se viver, tanto financeiramente como socialmente, vale todo o investimento tanto financeiro quanto intelectual (estudo da língua)? Claro, vivemos em um país bonito por natureza, com vários recursos porém limitados e com esse quadro da crise política sem encontrarmos uma luz no fim do túnel nos resta optar por outro lugar no mundo.

        • colaborador says:

          Olá Robson… esta é uma pergunta difícil. Um dos nossos colegas mora na Hungria há mais de vinte anos e está muito satisfeito, não quer voltar para o Brasil de jeito nenhum. Mas já ouvimos falar de pessoas que não se adaptaram ao frio e voltaram depois de alguns anos.

  4. Marko Andori says:

    Boa Noite,

    Me chamo Marko Andori e sou neto de Gabor Andori que veio a trocar o nome para Gavrilo devido a segunda guerra mundial e ser judeu (historia comum), pouco antes de completar 18 anos fugiu através da antiga Iugoslávia para a Argentina, Eu consegui a certidão de nascimento dele que comprova que ele é realmente Húngaro e já juntei a certidão casamento dos meus pais, a minha certidão de casamento atual e a certidão de nascimento do meu filho. gostaria de saber quais são os meus direitos quanto ao pleito da cidadania e se há necessidade de aprender o idioma?
    Grato desde já Marko Andori

    • colaborador says:

      Olá Marko, voce precisará entrar em contato com o Consulado Geral — eles é que poderão dizer se voce se encaixa no processo simplificado ou tradicional.

  5. Silas Bona Bueno says:

    ola,

    Meu bisavô nasceu em Csorna, Hungria em 1856 e minha avó nasceu em Pásztori, Hungria em 1860, casaram-se em 1887 em csorna.
    Meus avô materno nasceu em Haltburn, Austria.
    tenho direito a cidadania Hungara?

  6. Tadeu says:

    ola, sou neto de Húngaro. minha avó paterna. tanto ela quanto meu pai são falecidos. tenho direito o cidadania?
    obrigado.
    Tadeu

  7. Julio Cesar says:

    Olá, gostaria de tirar uma dúvida.

    Meu trinono (linha: eu -BR, pai-BR, avó-BR, bisavô-BR (nasceu no navio), Trisavô-Italiano).

    O meu trisavô nasceu em Trento, na cidade de Besenello em 1835. Pelo que entendi, nessa época Trento não fazia parte da Itália e sim no império austro-húngaro.

    Sabe me dizer se existe a possibilidade de requerer a cidadania, pois a Itália não reconhece mais como italiano. Como devo proceder se existe a possibilidade?

  8. João Carlos Gróf says:

    Ola, bom dia. Tenho uma duvida. Sou neto de hungaro, meu avô por parte de pai e esloveno, minha avó por parte de pai. Desde pequeno sempre fui ensinado que eu era húngaro. Participava da casa húngara na Gomes de Carvalho qdo pequeno, depois não mais. Tentei a cidadania húngara na década de 90 mas meu avô, apesar de ter lutado toda a primeira guerra no exercito húngaro e ser húngaro 100%, perdeu a cidadania pela lei antiga. Bom, quando a Eslovênia se libertou da Iugoslávia, consegui minha cidadania eslovena que para mim sempre foi muito útil pois moro na Suíça. Mas eu sempre quis ser húngaro, poxa. Meu filho já conseguiu a cidadania húngara. Alias tenho 4 filhos, 3 eslovenos e um húngaro. A questão é a seguinte: mesmo já tendo dupla cidadania sendo uma da União Europeia posso ter outra?
    Obrigado pelo retorno.

    • colaborador says:

      Olá João Carlos, tudo bem? Voce deve ser pai do Gabriel e tio da Luciana Gróf. Claro que voces todos sao húngaros! Voce poderá requerer a cidadania húngara sem problema algum, mesmo já tendo a eslovena. Boa sorte!

      • João Carlos Gróf says:

        Sim, sou eu mesmo. Na realidade a Luciana é minha prima, a prima caçula. Que ótima noticia! Bom, vou atrás disso por aqui. Creio que o consulado seja em Genève. Muito obrigado mesmo!
        Um ótimo fim de semana.

  9. Robert Schumann says:

    Olá,

    Minha bisavó materna era da Iugoslávia, da cidade de Osek (tenho o registro de imigração dela) eu pesquisei, mas não consegui descobrir se minha cidadania é Húngara ou Eslovena, sabem me disser qual delas é?

    • colaborador says:

      Olá Robert, a cidade de Osijek (Eszék) fica hoje em dia na Croácia. Voce tem direito a cidadania húngara sim (se aprender o idioma).

  10. Orlando says:

    Bom dia. Minha avó nasceu na Hungria e meu avô em Caransebes, Romênia. Já possuí diversos documentos de ambos que, infelizmente extraviaram. Como faço e o que exatamente precisarei para adquirir cidadania húngara?

    • colaborador says:

      Olá Orlando, escreva para [email protected] e ajudaremos com a busca da documentação. Para adquirir a cidadania húngara pelo método simplificado, entre em contato com o Consulado Geral em São Paulo.

  11. Eliana says:

    Olá gostaria de saber se vcs tem alguma informação sobre como obter a cidadania na Sérvia. Os avós de uma amiga eram da ex-Iugoslávia porém seus bisavós eram húngaros. Aguardo um retorno.

    • colaborador says:

      Sua amiga tem direito a cidadania húngara e não a sérvia. Diga para ela entrar em contato conosco.

  12. Paula says:

    Minha mãe é Húngara, tenho passaporte húngaro, mas está vencido. Como faço para obter a cidadania?
    Sabe em qual processo me encaixo, se preciso falar o idioma?

    • colaborador says:

      Olá Paula,
      Voce nao precisa falar o idioma. Entre em contato com o Consulado Geral, se voce já e húngara renovar o passaporte é bem simples.

  13. Bruna Bátori says:

    Olá! Meu bisavô veio para a primeira guerra mundial como médico, antes de 1957, e se casou com a minha bisavó aqui no Brasil, não retornando para a Hungria. Isso quer dizer que eu perdi a chance de conseguir cidadania hungara?

  14. Tiago says:

    Bom dia
    Mesmo a minha mãe sendo filha de Húngaro,ela nasceu aqui no Brasil, para ela tirar a cidadania dela, ela tem que falar húngaro também?

    • colaborador says:

      Olá Tiago, se os seus avós eram cidadãos húngaros mesmo então sua mãe herdou a cidadania (mesmo sem falar o idioma). Converse com o Consulado Geral em São Paulo, eles é que vão determinar se voces se encaixam no processo “tradicional” ou no “simplificado”…

      • Tiago says:

        Obrigado pela atenção.
        O que significa Tradicional ou Simplificado?

        • colaborador says:

          Olá Tiago, a explicação é bem longa mas vou tentar ser bem sucinto: se os seus pais ou avós húngaros chegaram DEPOIS da Segunda Guerra Mundial ao Brasil (entre 1945 e 1960) e nasceram no território atual da Hungria, é quase certo que voce se encaixa no processo TRADICIONAL e não precisará aprender o idioma. Mas se os seus antepassados (avós, bisavós, tataravós, etc) emigraram para o Brasil ANTES da Segunda Guerra Mundial (muito provavelmente na década de 20 ou antes disso) entao o seu processo será o SIMPLIFICADO — e voce terá que aprender húngaro num nível intermediário. Existem exceções, é claro… mas em linhas gerais é isso. Quem pode te dar uma resposta mais concreta é o Consulado Geral em São Paulo ou a Embaixada em Brasília.

  15. Marcelle says:

    Os bisavós da minha filha por parte de pai eram húngaros que perderam a cidadania por não terem voltado ao país. Já pedi para o pai dela, para pedir a cidadania . Só que ele não está muito disposto a aprender a língua para a entrevista. Ela pode requerer a cidadania sem que o pai e o avô já tenham? Ela tem treze anos. Obrigada !

    • colaborador says:

      Olá Marcelle, se o pai dela não estiver disposto, sem problemas. Aguardem até ela chegar aos 18 anos e deem entrada no processo de cidadania depois, assim dá bastante tempo dela aprender o idioma.

  16. Bruno says:

    Olá,
    Primeiramente gostaria de agradecer os moderadores por manter este incrível site que ajudou e ajudará muitas pessoas!
    Tenho uma dúvida, meus bisavós eram húngaros e vieram para o Brasil com minha avó pequena (nascida na antiga Iugoslávia) porém achei o texto abaixo, com a seguinte informação:
    “Segundo as regras húngaras da época, se uma mulher húngara casou com um homem estrangeiro antes de 1957, ela perdeu a cidadania húngara automaticamente. Ela tem direito a recuperar a cidadania com uma „declaração” que na prática é um formulário.”
    Minha avó casou com descendente de italiano aqui no Brasil antes desta data, ela perdeu a nacionalidade húngara? Eu sou elegível a dupla cidadania ?
    PS: Sobrenome da minha família era Palatinus, alguém no fórum com este sobrenome??

    • colaborador says:

      Olá Bruno, encurtando a estória… sim, voce pode pleitear a cidadania húngara se aprender a língua. Temos contato com DUAS famílias de sobrenome Palatinus, ambas da ex-Iugoslávia, portanto a chance de uma delas ser seu parente é altíssima.

      • Bruno says:

        Olá, Muito Obrigado pelo retorno!
        Isso é sensacional! Tenho alguns documentos que achei na internet (Cartão de imigração de meu Bisavô, bisavó, avó e das irmãs dela). Tenho também o passaporte do meu Bisavô. Sempre tive vontade de obter a dupla cidadania para perpetuar a historia da minha família (Meu bisa lutou na primeira Guerra Mundial). Gostaria de iniciar o processo para pleitear a dupla cidadania, porém ainda não sei por onde começar.
        Será que eles são meus parentes mesmo?? Seria fantástico.

  17. Olá! Os avós paterno do meu marido que nasceram em Alesd (Bihor) na época que era Hungria ou Tchecoslovaquia. Quando a Romênia tomou e eles tiveram que fazer documentos romenos. Então eu pergunto se o meu marido (neto deles) tem direito ter cidadania hungara?

    Se puder responder, eu agradeceria.
    Att. Ádrea

    • colaborador says:

      Olá Ádrea, Élesd (Alesd) nunca fez parte da Tchecoslováquia, só da Hungria mesmo. Portanto o seu marido tem direito a cidadania húngara sim. Se voces tiverem filhos, eles também. Conversem com o Consulado Geral.

  18. laszlo says:

    Olá, meu pai era hungaro, minha mae de outro país(eles nao eram casados no papel) na minha certidao consta o nome dele ja traduzido para portugues(somente o primeiro)o nome do meus avós em hungaro, tenho a certidao de nascimento dele, eu tenho direito a cidadania e meus filhos?

    • colaborador says:

      Sim Laszlo, voce tem direito sim, assim como os seus filhos também. Entre em contato com o Consulado Geral em São Paulo ou com a Embaixada em Brasília.

  19. Audrey says:

    Olá! Meu nome é Audrey Damo Karay. Meu pai Erno Karay era Hungaro e faleceu aqui no Brasil. Sou uma filha reconhecida fora do casamento judicialmente. Como posso conseguir minha cidadania?
    Grata,
    Audrey

    • colaborador says:

      Olá Audrey, por favor entre em contato com o Consulado Geral em São Paulo. Se o seu pai era mesmo cidadão húngaro então voce conseguirá a cidadania pelo método tradicional.

  20. Mariana Hallai de Jesus says:

    Olá, como faço para requerer minha cidadania húgara? Meu avô materno é da Hungria

    • colaborador says:

      Olá Mariana, por favor entre em contato com o Consulado Geral em São Paulo pois voce precisa descobrir primeiro se voce se encaixa no processo simplificado ou no tradicional.

  21. Paulo says:

    Tenho uma dúvida: eu possuo todas as certidões de nascimento e casamento, desde a minha bisavó hungara até mim. Só falta a de união estável de meus pais. O problema é que acho que meus pais somente estabeleceram na forma da lei uma união estavel depois que eu nasci. Ainda existe filho ilegítimo na hungria? E eu perderia o direito da naturalização simplificada por esse motivo?

  22. Renan Rodrigues Guimarães says:

    Olá, tenho bisavôs hungaros por parte da família da minha mãe. Estou com dificuldades para reunir a documentação, consigo ajuda do consulado para obter os docs? E em relação ao idioma, poderia indicar algum portal/pessoa para aprendizado? Sou de Campinas/SP.

  23. Pedro Estácio Stumm says:

    Bom dia, Meu nome é Pedro Stumm, meus antepassados vieram de Frankfurt em 1872, quando era oa Império Áustro Hungaro. Gostaria de saber se consigo a cidadania Tcheca? Se consigo, alem de aprender o Tcheco, o que mais preciso fazer?

    • colaborador says:

      Olá Pedro, voce precisa entrar em contato com o consulado tcheco e perguntar. Nós somos especialistas em cidadania húngara somente. Se voce precisar de ajuda com as certidoes de batismo dos seus antepassados tchecos, pode nos procurar pelo [email protected]

  24. Adriano says:

    Ola . Sou neto de hungaros tanto vovô e vovó nasceram entre 1905 e 1907 em territórios tomados após o trato de Trianon, sendo a Sérvia(hoje)
    Estou estudando o idioma , pretendo tirar a cidadania (tenho os documentos dos avós) porém minha duvida seria a minha esposa, ela também precisará falar hungaro para tirar a cidadania comigo?
    Obrigado

  25. Liliana says:

    Boa tarde,
    Sou bisneta de húngaro, Sr. Antônio Arady.
    Contudo, este sobrenome Arady só veio a ser utilizado por ele posteriormente, pois nasceu na Hungria como Antônio Klein e veio fugido para o Brasil apenas com a roupa do corpo, assim como muitos.
    Tenho documentos de ambos “Antônios” com local, data de nascimento, e nome da mãe em consonância.
    Ele teve união estável com minha bisavó Joaquina. Desta união nasceu minha avó, Olga Arady.
    Gostaria de alguma ajuda, visando obter a cidadania húngara. Não sei quais documentos devo providenciar, pois esta mudança de nome KleinxArady é uma lacuna da história de meu bisavô e não temos Idea de como preenchê-la.
    Muitíssimo obrigada,
    Liliana Rocha Fernandes

  26. Alice says:

    Olá,

    No registro de estrangeiro da minha bisavó aqui no Brasil consta que ela é nascida na Iugoslávia. Com esse documento eu tenho como conseguir a cidadania húngara?

  27. diego says:

    Olá, tudo bem? então, primeiramente estou com uma dúvida fora dos padrões, venho pesquisando meu sobrenome a meses e não consigo achar a origem correta desse sobrenome, pra assim correr atrás de minha descendencia, poderia me ajudar?, me chamo Diego de Hungria, e estou com duvida alguns dizem que é Espanha, outros dizem da propria Hungria, e outros dizem da italia, poderia ao menos me confirmar da onde não é? dês de já, agradeço

  28. Michelle says:

    Gostaria de saber se meu bisavô nasceu na Boêmia (Áustria), atual Rep. Tcheca, consigo obter cidadania Austríaca ou Tcheca, ou nenhuma delas?

    • colaborador says:

      Olá Michelle, é melhor voce perguntar nos dois consulados (austríaco e tcheco). A cidadania húngara infelizmente voce nao consegue pois a Boemia nunca fez parte do Reino da Hungria.

  29. Jocieli says:

    Olá, gostaria de saber se a língua húngaro tera que ser falada fluentemente na entrevista, ou o básico já daria? Ou se poderia ter um tradutor? No caso da minha família que somos eu meu marido e duas crianças também precisam falar a língua fluente?

    • colaborador says:

      Olá Jocieli, nao pode ser com tradutor. O nível requerido é o intermediário. As crianças só precisam aprender o idioma se tiverem mais de 14 anos.

  30. Mercia Palhares says:

    Olá ! Tudo bem?
    Meu avô (Jorge Olah), já falecido, pai de minha mãe, era húngaro. Mas deu entrada no Brasil como Rumeno. Ele veio para o Brasil já com 6 anos.
    Sei que nunca mais retornou ao país e nem procurou o consulado para manter sua cidadania húngara.
    Gostaria de requerer a cidadania húngara.
    Sei que vou precisar aprender o idioma. Minha pergunta é:
    Meu marido consegue a cidadania hungara também? e meus filhos, ambos tem 9 e 12 anos respectivamente.
    Obrigada.
    Mércia

    • colaborador says:

      Olá Mércia, seus filhos (até completarem 14 anos) nao precisarao aprender o idioma húngaro e receberao a cidadania juntamente com voce, no dia do juramento.
      Seu marido precisará aprender o idioma num nível intermediário e só poderá dar entrada no processo dele DEPOIS que voce for declarada húngara, mas é possível sim.

  31. Kaiser Vilhen Dosa Acras says:

    bom dia, por favor alguem pode me indicar um professor ou curso para aprender hungaro.

  32. Karina says:

    Olá,

    Meus bisavós vieram da antiga Iugoslávia para o Brasil por volta de 1925. Tenho alguns documentos deles (carteira de trabalho, registro de entrada no Brasil, certidão de óbito), nos docs do meu bisavo consta que ele veio de Belgrado (hj Sérvia) e da minha bisavó consta que ela veio de Osek – Iugoslávia. Não possuo o mesmo sobrenome deles, mas ainda tenho minha vó e meu pai vivos. Seria possível eu tentar dar entrada para obter o passaporte de um dos dois lugares? Se sim, qual o processo?? Entro em contato com o consulado no Brasil ou no país de origem deles?

  33. Rafael says:

    minha bisavó e bisavô eram da Iugoslávia e vieram pro Brasil por volta de 1920, eu consigo a cidadania hungara???

    • colaborador says:

      Depende da regiao da qual eles saíram, mas a probabilidade é bem alta. Suponho que vc saiba que precisará aprender o idioma, certo? Se vc precisar de ajuda com a busca de documentos, entre em contato conosco!

  34. Sandor Attila Nemes says:

    Gostaria de uma informacao. Meu pai e Hungaro nato e minha mae brasileira. Eu e meus irmaos temos a cidadania hungara tirada pelo metodo tradicional. Meus pais sao casados ha 45 anos, minha mae tem direto de ter a cidadania Hungara?

    • colaborador says:

      Sim Sandor, ela pode pleitear a cidadania húngara, mas como se trata de naturalizaçao, ela terá que aprender o idioma.

  35. Luiz Fernando says:

    Olá,

    achei em um site de antepassados um “registro de Estrangeiros” da minha bisavó, nesse documento consta nacionalidade Yugoslava eles chegaram no Brasil em 06/1924, achei de mais 3 tios-avós o mesmo registro e consta que nasceram na cidade de Horgos (Servia). Tenho direito a cidadania Húngara?

  36. Bruno Gusso says:

    Olá, boa tarde

    Sou tataraneto de italianos migrados nos anos de 1890. Meu tataravô nasceu no ano de 1857 quando a cidade de Trente pertencia ao Imperio Austríaco. Ele faleceu em Trento 1904 no Império Austro-Húngaro.

    Gostaria de saber se tenho a oportunidade de conseguir a cidadania húngara por descendência.

    Obrigado

    Cordialmente,

    Bruno

  37. tataranetos tem direito a cidadania ?

  38. Kaiser Vilhen Dosa Acras says:

    Minha mãe é hungara, naturalizou brasileira, eu e meus irmãos, sou advogado e meus irmãos são médicos, podemos ter nacionalidade hungara?

  39. Meire Beserra says:

    Olá! Meu marido e eu somos brasileiros, morando em Budapeste com visto de trabalho. Nosso caçula nasceu aqui em Budapeste. Como ele poderia obter sua cidadania Húngara?

    • colaborador says:

      Olá Meire! Na Europa as leis nao sao como no Brasil, o que importa é o sangue e nao o local de nascimento. Mas se voces pedirem e receberem a cidadania (depois de residirem 8 anos na Hungria) o seu menino receberá a cidadania automaticamente.

  40. Tallytta Mello Carvalho says:

    eu li no comentario que posso conseguir a cidadania. Gostaria de aprender o idioma Hungaro vc conhece algum curso online pra eu estudar? e eu preciso apenas falar uma conversação normal ou tenho que ser super fluente?

    • colaborador says:

      Verifique a lista de professores no site. Todos sao muito bem treinados e poderao lhe informar o nível requisitado.

  41. Tallytta Mello Carvalho says:

    bom dia! Minha Bisavó era filha de pai e mae Hungaro mas nasceu em Piraju no Brasil, sera que eu consigo a cidadania?

  42. Mariana Finta says:

    Olá, quanto tempo mais ou menos demora o processo para tirar a cidadania no modo simplificado?
    Obrigada!

    • colaborador says:

      Olá Mariana, depois que voce der entrada na papelada e passar pela entrevista (o que ocorre no mesmo dia), pode contar um ano, no máximo um ano e meio.

  43. Eliza Amon says:

    Olá, eu já tenho cidadania Húngara, porém casei e mudei meu nome (mantive o Húngaro) você sabe qual o procedimento que devo seguir para atualizar meus documentos? Obrigada

  44. paulo says:

    Olá! Minha bisavó nasceu na hungria território que virou romenia após a 1º guerra mundial. veio para ca como cidadã romena. Sei que possuo direito de naturizar-me, porém é possível solicitar a cidadania apresentando o passaporte dela juntamente com as certidões de nascimento e casamento de meus antecedentes, sem apresentar a de casamento de minha bisavó? Pois na certidao de nascimento do meu avô consta que ela é sua mãe. Obrigado.

  45. Olá, sou neto por parte de pai de húngaros, meu avô veio de Budapeste para o Brasil antes de 1928, não tenho nenhum documento, tanto meu avô como meu pai já são falecidos.
    Consigo cidadania húngara para mim, meu filho e minha esposa ?
    Por qual método, simplificado ou normal ?

    Obrigado.

    • colaborador says:

      Olá Ricardo, certamente será o simplificado. Sua esposa e filho (se for maior de 14 anos) também precisarao aprender o idioma. Se precisar de ajuda com os documentos escreva para nós: [email protected]

  46. Ely says:

    Olá, meus bisavós vieram para o Brasil em 1925. Alguns dos filhos nasceram na Hungria, meu avô (caçula), nasceu em SP. Já fui para a vila deles (Csantaver – Cantavir / hoje norte da Sérvia) e peguei segunda via da certidão de nascimento e casamento deles. Como sei se meu processo é o tradicional ou o simplificado? Grato

    • colaborador says:

      Oi Ely, se os seus bisavós nasceram em Csantavér (que hoje em dia fica na Sérvia) entao certamente o seu processo será o simplificado.

    • Ely says:

      Pode apagar, agora que vi a diferença hehehe
      É o simplificado
      Desculpe a pergunta óbvia
      Köszönöm

  47. FERNANDO GOMES DOS SANTOS says:

    Olá, parabéns pelo site, ajuda muito.

    Por favor peço ajuda para esclarecer duas dúvidas:

    – meus bisavós nasceram na Hungria, vieram para o Brasil na época da guerra e nunca voltaram. até onde sei perderam a cidadania deles. Certo? Mesmo assim posso tirar a cidadania Húngara?

    – se não achar os documentos originais dos meus bisavós, há algum caminho para conseguir uma segunda via, ou algo do tipo, que comprove a descendência?

    Desde já agradeço.

    • colaborador says:

      Olá Fernando, eles podem (ou nao) ter perdido a cidadania húngara, depende do ano em que saíram de lá. Como estamos falando em 3 ou 4 geraçoes é muito provável que o seu processo seja o “simplificado”, onde o conhecimento da língua é obrigatório. Se precisar de ajuda com a busca dos documentos, escreva para [email protected]

      • FERNANDO GOMES DOS SANTOS says:

        Obrigado pela rápida resposta.

        Pelo que entendi com meus familiares que já tentaram tirar a cidadania e desistiram, sim meus bisavós perderam a cidadania por terem saído há muito tempo da Hungria e nunca retornado ou procurado o Consul.
        Para piorar a segunda esposa do meu bisavô queimou todos os documentos depois que ele morreu.

        Caso eu consiga alguma informação que possa ser usada mando um e-mail para a conta que passou.

        Mais uma vez muito obrigado.

  48. Michael Soares Metz says:

    Boa noite, o pai do meu bisavô é húngaro, será que eu consigo a cidadania húngara?

  49. Daniela says:

    Olá
    Achávamos que meu tataravô era italiano, mas descobrimos que ele era austro-húngaro. É possível meu pai tirar cidadania húngara e depois eu entrar com o pedido?
    O documento dele dizia que ele era italiano, mas a italia diz que ele não é… Obrigada!

    • colaborador says:

      Olá Daniela, para pedir a cidadania húngara somente ser austro-húngaro nao é suficiente. Precisamos verificar se o local de nascimento do seu tataravô fazia parte do Reino da Hungria ou nao. Escreva para [email protected] e ajudaremos com as pesquisas.

  50. Csilla Brevák says:

    Bom dia!
    meu pai nasceu em Budapeste em 1951 e veio para o Brasil com 8 anos de idade!
    moro no Brasil, sou casada e tenho 1 filho… consigo a cidadania húngara sem precisar falar húngaro?
    minha irma esta morando em Budapeste a 10 anos e ja tem a cidadania húngara. Estou querendo ir morar la porem queria a cidadania para mim e meu filho consigo?
    outra duvida, meu marido que é 100% brasileiro consegue pelo menos uma autorização pra residir lá ou ate mesmo a cidadania? aguardo resposta muito obrigado.

    • colaborador says:

      Olá Csilla! Sim, voce consegue a cidadania sem falar húngaro pois seu pai (manda um abraço pro Peter!) nunca perdeu a cidadania dele. Voce se encaixará no processo “tradicional”. Sim, seu marido precisa pedir um visto de unificaçao familiar, o que é bastante simples.

  51. Juliana molnar says:

    Meu avô nasceu em novi futogo na iuguslavia. Mais não acho esse lugar no mapa. Alguém sabe me dizer como faço???

  52. Daniel Guisse says:

    Bom dia.
    Meu avô materno nasceu em Satu Mare (hoje Romênia) em 1906. Tenho registro de casamento dele datado em 1929, no Brasil, com minha avó, também nascida na Hungria. Gostaria de saber se tenho direito a cidadania e qual o primeiro passo que devo dar.

    Obrigado.

    • colaborador says:

      Olá Daniel, sim, voce tem direito a cidadania húngara. Entre em contato com o Consulado Geral em Sao Paulo e indague sobre o processo “simplificado”, já que sua avó nasceu numa regiao que hoje em dia nao faz mais parte da Hungria.

  53. Michel says:

    Ola
    Meu nome é Michel. Meu pai e avos sao hungaros ( ambos ja faleceram ) Meu pai veio com 5 anos com minha avo na segunda guerra mundial sendo que meu avo ficou pois era militar na Hungria, veio depois e constituiram famila aqui.
    Minha pergunta é se posso pedir a cidadania Hungara, mas eu nao falo nada de Hungaro , nao conheco os costumes e culturas.

    É obrigatorio falar hungaro para ter a cidadania?

    E gostaria de saber se a Hungria tem tratado de Comercio e Navegacao com os EUA?

    E se voces conseguem atraves do meu sobrenome Hungaro ( PASZTOR ) achar parentes do meu pai na Hungria?

    Obrigado

    Aguardo

    • colaborador says:

      Olá Michel, 1) sim voce pode pedir a cidadania pelo método tradicional (onde vc nao precisa saber a língua); 2) no seu caso nao é obrigatório; 3) nao sabemos sobre o tratado, pergunte no consulado geral; 4) sim, podemos procurar parentes vivos, escreva para [email protected]

  54. rodrigo hegedus says:

    Nao sei falar Hungaro, porem meu pai nasceu na hungria em 1942. Consigo requerer a cidadania?

  55. Eduardo says:

    Olá, meus trisavós vieram de Castelfondo-TN para o Brasil e desembarcaram entre 1891-1892. Na época a cidade fazia parte do antigo Império austro-húngaro. Minha dúvida é se posso requerer cidadania húngara ou italiana, já que após a guerra o território foi incorporado ao território da Itália.

    • colaborador says:

      Olá Eduardo, Nao, voce nao tem direito a cidadania húngara. Recomendamos voce entrar em contato com o site imigracaoitaliana ponto com ponto br.

  56. Flavio Monteiro Rachel says:

    Bom dia/boa tarde.
    Sou neto de hungaros por parte de mae. Os pais da minha mae nasceram em Szatmarnemeti (hoje Satu Mare, Romenia) em 1912 e 1915, respectivamente.
    Eles vieram pro Brasil em 1924, se casaram aqui no Brasil e se naturalizaram brasileiros. Hoje eles sao ambos falecidos, mas minha mae ainda e viva e tem 77 anos. Tenho uma copia das certidoes de nascimento e do passaporte deles, porem sao documentos romenos.
    Minha duvida e se eu ou minha mae ou ambos temos direito a cidadania hungara.
    Em caso positivo, como devo proceder para conseguir esta cidadania?
    Muito obrigado pela atencao e pela orientacao.

    • colaborador says:

      Olá Flavio, Sim, ambos tem direito a cidadania húngara. Se voce tiver esposa e filhos, idem. Entre em contato direto com o Consulado Geral em Sao Paulo. O conhecimento básico do idioma será um pré-requisito.

  57. Hellen says:

    Bom dia…minha bisavo que nasceu na hungria e veio para ca para o brasil…nao tenho documentacao dela…como posso fazer para conseguir isso? Voces conseguem me ajudar?

  58. Ana says:

    Olá, sou bisneta de húngaro, ele sempre disse que era húngaro, mas não sabemos a cidade, além disso no único documento que tenho (RNE) conta que ele chegou em 1925 e que é de Bucareste Rômenia. É possível descobrir em qual cidade ele nasceu? Tenho direito a cidadania?

  59. Andre says:

    Olá. Meu avô era húngaro e tenho toda a documentação necessária. Gostaria de saber se o fato de ele ter prestado serviço militar, inclusive durante a Guerra, facilita ou atrapalha alguma coisa do processo. Além disso, eu conheço palavras em húngaro, mas não converso… qual o nível de conhecimento necessário??? Existe estimativa de tempo para a aprovação??? Obrigado por toda a colaboração!

    • colaborador says:

      Olá André, Obviamente facilita, pois ele estava servindo a pátria. Nao sabemos ainda se voce precisará saber falar húngaro. Se o seu avo chegou ao Brasil no final da década de 40 entao provavelmente voce será encaixado no processo “tradicional”. Escreva para nós!

  60. Gabriela Massi says:

    Boa noite, soube que o meu bisavô materno era filho de húngaros.
    Tenho direito a cidadania?
    Quanto tempo demora? Leva anos igual à da Itália?
    Obrigada

    • colaborador says:

      Olá Gabriela, Sim voce tem direito se comprovar a linhagem com documentos e aprender a língua. Depois que voce souber se comunicar em húngaro, pode contar de 1 a 2 anos para o processo ser aprovado.

  61. Suellen Kemp says:

    Bom dia!
    Minha bisavó (falecida) era húngara, porem quando fui levantar sua documentação para que eu pudesse entrar com pedido de cidadania, verifiquei que ela tem documento de estrangeiro da Romênia!
    Tal foi minha surpresa, pois ela falava húngaro, sempre se identificou como húngara, comidas, costumes, etc.
    Então fiquei confusa, pois tenho interesse em aprender o idioma e eventualmente até residir na Hungria, porém diante desse impasse não sei se conseguiria a cidadania, por mais fluente que eu venha a ser na língua.
    Podem me esclarecer essa questão?

    • colaborador says:

      Olá Suellen, Sim voce tem direito a cidadania HÚNGARA se comprovar a linhagem com documentos e aprender a língua. Depois que voce souber se comunicar em húngaro, pode contar de 1 a 2 anos para o processo ser aprovado. Suponho que sua bisavó tenha nascido na Transilvania.

  62. Helton Martins says:

    Boa noite, meu nome é Helton Martins, meu tataravó e minha tataravô, são da Hungria posso ter a cidadania húngara, e em qual lei me enquadro, desde já agradeço a atenção.

  63. VANESSA FERREIRA says:

    Olá, meus avós vieram da Iugoslávia, e hoje não sei o que seria já que foi divido em tres.

    Como eu faço para saber se eu posso tirar minha cidadania e o que preciso?

  64. anonimo says:

    olá posso tirar minha cidadania em outro consulado húngaro ? tipo Estados Unidos sou neta de Húngaro

    • colaborador says:

      Olá Cleo, claro, voce poderá procurar qualquer consulado ou embaixada… ou até dar entrada em qualquer cartório da Hungria.

  65. Catarina says:

    Oi, minha bisavó – cujo sobrenome era Guttman – nasceu na Hungria e veio para o Brasil antes da segunda guerra com o filho pequeno. Este meu tio avô ainda é vivo e tem nacionalidade e passaporte húngaros. No Brasil ela teve a minha avó (já falecida), que casou com brasileiro. Nós ainda temos parentes que residem na Hungria até hoje, mas pouco contato. Minha mãe e eu temos direito à cidadania? Podemos dar entrada no processo pelo Brasil ou deve ser pela Hungria? Muito obrigada!

    • colaborador says:

      Olá Catarina, sim, voces tem direito a cidadania húngara e portanto devem procurar o consulado geral em Sao Paulo ou a embaixada em Brasília. Se precisar de ajuda com a busca de documentos, é só escrever para [email protected]

  66. DJONATAS says:

    OLÁ BOM DIA.
    MINHA BISAVÓ É HÚNGARA E SE CHAMAVA FRANCISCA ADLER.
    EXISTE A POSSIBILIDADE DE algum serviço ou empresa que realiza busca de documentos, parentescos para que se possa obter uma cidadania?

  67. Eduardo says:

    Olá, tenho um avô que nasceu na Iugoslávia, porém ele deixou o país aos 12 anos de idade, por volta do ano 1927. Meu pai diz que meu avô era húngaro mas não tenho documentos nem do meu avô e do meu bisavô. Vocês tem algum serviço ou empresa que realiza busca de documentos, parentescos para que se possa obter uma cidadania?

  68. Carla says:

    Como fica a relação de documentação por causa da Apostila de Haia?

    Posso juntar todos os documentos em uma apostila só?

    • colaborador says:

      Olá Carla, como é uma resoluçao nova (que acaba de entrar em vigor), preferimos que voce tire essa dúvida diretamente no consulado geral em Sao Paulo.

  69. Julierton M S Kraus says:

    Boa noite, estou em busca de encontrar a cidadania da mãe, ela nasceu na Áustria em Mehrbach, Ried in Innkreis, tenho certidão de nascimento e de batismo, onde consta nome do pai, a cidade de nascimento Mettersdorf, Siebenbürgen e logo a data de nascimento dele, depois da vó que nasceu em Mettersdorf na Romenia e sua data de nascimento, mas atualmente o lugar pertence a Romenia, e meu avô serviu o alto Exercito de Hitler, então eu creio que ele era cidadão austriaco, estou vendo a certidão de óbito onde diz que ele está enterrado na Áustria, mas não sei qual a sua cidadania, pois quero tirar minha cidadania européia e não sei por onde começar, isso tudo do lado da mãe, porque do lado do pai meu vô nasceu em Portugal e eu por fim nasci no Brasil. Por favor me ajudem!!! help me please

  70. Carlos Teixeira says:

    Meus avós e bisavós paternos vieram de feketic para o Brasil e na época q vieram era yugoslavia e hj é Sérvia.
    Porém, na época do nascimento deles era Império Austro-Húngaro.
    Não sei qual cidadania requerer.
    Húngara, Austríaca, Alemã ou Sérvia.
    Alguém poderia me ajudar?

    • colaborador says:

      Olá Carlos, Já tivemos várias famílias de Feketic (ou Bácsfeketehegy egy húngaro) que requereram a cidadania húngara. Voce precisará aprende ro idioma e apresentar toda a documentaçao necessária.

  71. Leticia Lima says:

    Boa Noite, tenho parentes que vieram da Hungria na época da guerra porém por erro de um escrivão tive o sobrenome alterado do descendente, se tiver todos os documentos que comprovem a descendência eu posso dar entrada na cidadania mesmo assim?

    Agradeço a ajuda

  72. Olá,
    Meus ascendentes húngaros, vieram de lá exatamente porque o território foi tomado pela romênia. Ainda hoje é Romênia. Temos uma ligação cultural apenas com a Hungria, inclusive os registros de nascimento e casamento, húngaros de meus bisavós que vieram para o Brasil com seus filhos (meu avô húngaro, inclusive, com 9 anos de idade). Aqui, temos os documentos que ligam meu avô a seus pais, todos húngaros e a mim, brasileiro.
    A cidadania húngara simplificada também contempla os Húngaros emigrantes de território perdido na guerra?
    Att.
    Paulo Hegeto

    • colaborador says:

      Claro. A cidadania simplificada foi criada justamente para os húngaros das regioes que antigamente faziam parte do Reino da Hungria.

  73. Josiane Petrovics says:

    Olá, boa tarde!

    Meus bisavós vieram da Hungria fugindo da Guerra para cá com meu avó pequeno, tenho todos os documentos dele, mas sei que ele não se apresentou no consulado para confimar sua nacionalidade. Mesmo assim eu posso solicitar a cidania como estou vendo as pessoas comentando nos post anteriores? Preciso aprender o idioma apenas?

    Aguardo sua ajuda.

    Obrigada!

    • colaborador says:

      É isso mesmo Josiane, se voce tem todos os documentos entao é só procurar o consulado geral e dar entrada no processo… mas antes voce precisa aprender o idioma!

  74. Roberto Grossmann says:

    Boa noite,

    Minha avó, Sarah Fuchs, nasceu em Budapeste em 1909. Porém vendo seu passaporte, verifiquei que ele é polonês, apontando no documento a sua nacionalidade polonesa, em razão de seu pai ter nascido na Polónia. Por meio do referido passaporte, ela chegou ao Brasil em 1924. Nessas condições, é possível obter a cidadania húngara pelo fato de ela ter nascido na Hungria?

    • colaborador says:

      Olá Roberto, esse é um belo desafio, precisamos examinar a documentacao dela primeiro, antes de darmos um veredito. Por favor escaneie o passaporte dela (só a página com os dados e foto) e envie para [email protected]

  75. Carol says:

    Dúvida: ainda moro no Brasil, mas meu noivo é Húngaro e mora em Budapeste. Vamos nos casar ano que vem e estamos para nos mudar para Alemanha. Isso tudo ainda é muita novidade e por isso estamos procurando respostas em relação à algumas questões:
    a) Casada com um europeu vou poder morar na Alemanha por tempo indeterminado?
    b) Poderei trabalhar e usar alguns benefícios?
    c) Poderei tirar minha cidadania húngara depois do casamento e do período de carência de 3 anos, mesmo morando em solo Alemão?
    Por favor, me ajudem

  76. Boa noite! Meu bisavô era húngaro, veio da Hungria na época da primeira guerra mundial. Ele chegou ao Brasil com o sobrenome Russiniak, mas foi modificado para Rusenhack. Há chande de que consiga a cidadania Húngara?

    • colaborador says:

      Elaine, se ele era REALMENTE húngaro (o sobrenome nos parece russo ou polones) entao voce poderá requerer a cidadania húngara sim, mas terá que aprender o idioma primeiro. Voce tem documentos que comprovam que ele nasceu no Reino da Hungria?

  77. marcos says:

    Hola,
    Sou neto por parte de avo’ e avo , mais nao falo o idioma.
    A falta do idioma ‘e impedimento para obter a cidadania Hungara?
    Obrigado

    • colaborador says:

      Nao necessariamente, depende do tipo de processo no qual voce vai se enquadrar. Se os seus avós chegaram no Brasil depois da Segunda Guerra Mundial e nao perderam a cidadania, entao vc poderá herdar a cidadania deles.

      • Angélica Toth says:

        Não entendi exatamente. Neste post você disse que não necessariamente é preciso falar o idioma, mas nos de baixo você comenta que é necessário.. Afinal, é necessário ou não? Estou pesquisando sobre isso e é bem confuso. Pode me ajudar? Obrigada.

        • colaborador says:

          Angelica, depende de alguns fatores: de qual parte da Hungria os seus antepassados vieram e quando, se foi depois da primeira ou da segunda guerra mundial.

          • Angélica Toth says:

            Eles vieram depois da segunda guerra, eram de budapest.. Minha mãe tem todos documentos deles, até certidão de casamento. Isso se enquadra em qual situação? Como faço para saber se eles perderam a cidadania? Minha tia acha que não, mas não tenho certeza se existe alguma forma de confirmar! Muito obrigada pela ajuda.

          • colaborador says:

            Olá Angelica, Se eles eram de Budapest mesmo e chegaram ao Brasil depois da Segunda Guerra, entao o seu processo será o “tradicional” e nao o “simplificado”. Entre em contato com o consulado geral, eles poderao lhe dar mais informaçoes.

  78. Deisi Seke says:

    olá, sou neta de húngaros, acredito que vieram após 1930, e minha avó veio grávida do meu pai que nasceu em SP. Ele falava em húngaro com os pais até eles falecerem, mas nós eramos muito pequenas e não aprendemos a lingua. Então, mesmo que eu tenhas todos os documentos dos meus avós paternos, eu não posso obter a cidadania Húngara porque não falo a língua?

    Obrigada desde já,

    Deisi Seke (que se escreve na realidade em Húngaro Szöki)

    • colaborador says:

      Olá Deisi, seu sobrenome provavelmente deve ser Szöke (=loira) e sim, voce precisará aprender o idioma para requerer a cidadania.

  79. Andreza Nagy says:

    Olá!
    Andei pesquisando melhor a respeito do meus antepassados.. e estava em dúvida por meus avós sempre dizerem que o meu bisavô era Hungaro mas no cartão de imigração dele constar que ele é natural de Romênia – cidade de Tomarc.. Descobri que essa cidade onde ele nasceu (em 1914) foi da Hungria, mas em 1920 através do tratado de Trianon, passou a ser da Romênia.. e ele tendo desembarcado no Brasil em (1924) no seu cartão de imigração consta como sendo Romeno.. Gostaria de saber se nesse caso eu conseguiria tirar a dupla cidadania? E quanto tempo e o custo médio para conseguir encontrar a certidão de nascimento dele? **obs: já mandei e-Mail para o [email protected]

    Obrigado!

  80. Ronaldo meszaros says:

    Olá meu nome e Ronaldo meszaros, Neto de húngaros, meus avós vieram para o Brasil pós guerra, tenho documentos do meu avô paterno que comprovam nacionalidade húngara! Gostaria de saber como consigo a cidadania húngara?

    • colaborador says:

      Olá Ronaldo, se voce tem todos esses documentos entao procure o consulado geral em Sao Paulo. Voce terá que se comunicar em húngaro com o consul para poder dar entrada no processo de cidadania húngara.

  81. Ronaldo meszaros says:

    Olá tenho 45 anos Neto paterno de húngaros…possuo documentos do meu avô comprovando que ele é nascido na Hungria, cidade de Timisoara… tenho possibilidades de conseguir cidadania europeia?

  82. Cristiane says:

    Oi meu marido se chama Wilson harsanyi , neto de húngaro, mas a única coisa que sabemos é q o avô dele era húngaro e se chamava Coloman Harsanyi, chegou no Brasil ainda criança, na época da segunda guerra, mas não tinha documentos, você poderia me explicar como daremos inicio a investigação para conseguirmos a cidania do meu marido e da minha filha? Obrigado

  83. Leonardo says:

    Tenho o passaporte do meu vó que era ungaro. Eu consigo cidadania ungara? E o que devo fazer?

    • colaborador says:

      Se o seu avo chegou depois de 1945 ao Brasil entao procure o consulado diretamente pois o seu processo será provavelmente o “tradicional”. Entretanto, se ele chegou antes, escreva para [email protected]

  84. Sandro MacMartin says:

    Saudações!

    Minha esposa tem o avô paterno Húngaro, porem so possuímos o atestado de Óbito do mesmo , embora ali diga ” Naturalidade: Hungria” é de fato um documento brasileiro, possuímos cartas com o nome dele escrito de forma correta. É possível com esses dados apenas rastrear nos cartórios de lá, a certidão de nascimento dele?

    Cordialmente, Sandro MacMartin

  85. Solange ilona says:

    Que documentos são necessários na primeira visita ao consulado?

  86. caio henrique says:

    queri saber se tenho direito cidadania húngara , minha familia veio para brasil 1925 , sera que tenho alguma cidadania

  87. melissa harsanyi de oliveira says:

    Boa tarde,
    Meu nome é Melissa Harsányi de oliveira.Sou descendente direta de húngara.
    Minha prima conseguiu a dupla cidadania, me pergunto se a documentação dela apresentada ao consulado me permitiria maior agilidade no processo de aquisição da cidadania.
    Grata,

    • colaborador says:

      Olá Melissa, Se o antepassado for o mesmo (suponho que seja um dos seus avós) entao certamente dá maior agilidade ao processo, sim. Entre em contato com o consuldo geral.

  88. Adriana Benedikt says:

    Gostaria de fazer um esclarecimento ao meu comentario abaixo, Não se grata de cidadania mas de passaporte Hungaro para mim, minhas duas filhas e tres netos, filha, netos e bisnetos do Hungaro Tibor Benedikt, nascido em Budapest em 1927 e naturalizado brasileiros na década de 1950. Como devemos proceder?
    Grata pelo retorno.

    • colaborador says:

      Olá Adriana, tudo indica que o seu processo será o “tradicional”. Procure o consulado geral ou a embaixada. Será bem simples (se voce conseguir comprovar que Tibor Benedikt saiu de Budapeste realmente depois da guerra). Boa sorte!

  89. Adriana Benedikt says:

    Oi, meu pai, Tibor Benedikt é Hungaro de nascimento , 25/12/1927 e pediu cidadania Brasileira. Saiu de Budapest em 1947 depois da Segunda Guerra e depois de ter passado 3 anos em um campo de trabalho forçado. Como faço para conseguir a cidadania Hungaro para mim, minhas duas filhos e tres netos? Grata pelo retorno.

  90. Shirley csincsak says:

    Bom dia, Meu avô nasceu na Hungria já falecido, veio p o Brasil após a segunda guerra. Será q tenho direito da cidadania como neta?

  91. João Pedro says:

    Boa tarde, minha Bisavó era Húngara, de sobrenome Droba Both, tenho apenas uma carteira de trabalho do Brasil e a certidão de óbito dela daqui também. Na carteira de trabalho dela a cidade é Erschalinda, mas não encontro em registro nenhum esta cidade. O que faço?

  92. ilona says:

    Ola meu pai é nascido em Skorenovac- Iuguslavia em 24/07/1912, veio para o Brasil em 1960, casou-se com minha mãe em 1973, porém não tenho certidão de nascimento dele, somente um RG do Brasil e uma cópia de uma ficha consular de qualificação, o que preciso para conseguir a dupla cidadania?

  93. Arthur says:

    Boa tarde, sou neto de iugoslavos, sobrenome Javanovic.
    Quais documentos tenho que apresentar para obter cidadania servia?
    Tenho apenas a minha certidão de nascimento, pois minha avó e falecida e não consegui até o momento resgatar o histórico dos documentos pessoais.

  94. Camila Costa says:

    Olá, minha avó paterna nasceu em Budapeste, e eu queria saber como faço pra pegar a dupla cidadania sendo que meu pai não herdou da mesma… É possível? Agradeço desde já

  95. GEORGIA PEREZ HARTER says:

    Boa tarde!!

    Meu avô era húngaro, nascido em Budapeste de sobrenome Harter, e meu pai e minhas tias, já possuem o passaporte húngaro… gostaria de saber o que é necessário para que eu consiga tirar também esse passaporte?
    É necessário conhecimento da língua?

    Atenciosamente.
    Georgia Harter

    • colaborador says:

      Olá Georgia, nao há necessidade de saber o idioma pois voce herdará a cidadania do seu pai. Entre em contato com o consulado geral ou a embaixada.

  96. Marcelo says:

    Ola Caros amigos!
    Gostaria de saber se voces sabem quais os requisitos para cidadania Hungara,para pessoas que vivem e tem filho na Hungria ams nao e casado?
    Porque creio eu que deve ter um excessao para quem nao e filho,neto ou bisneto de hungaros.

    Marcelo

  97. Luiz Roberto Despontin says:

    Meus filhos conseguiram todos os documentos necessários e apresentaram no Consulado Húngaro em SP. Disseram que teriam que ter conhecimento básico em húngaro. Estudaram por vários meses e qdo sentiram que estavam aptos, foram reprovados. Perderam o interesse em estudar mais. O que os orienta a fazer?

  98. Paulo says:

    Olá, boa noite, minha bisavó nasceu na Hungria, numa região que atualmente pertence a Romênia. Sei que seus dois irmãos nasceram em maramarossziget atual sighetu marmatiei, assim como minha trisavó. Porém, não sei ao certo onde ela teria nascido, pois consta na lista do navio que veio para o Brasil como sephelul (széphely) possivelmente. Estive em Jebel, atual széphely na Roménia, e não obtive sucesso na busca por sua certidão de nascimento. Seria possível, caso localizasse a certidão da minha trisavó (mãe da minha bisavó) requerer a cidadania?

  99. Klayton Zeller says:

    Boa tarde,
    sou descendente de 2º geração por parte materna de Iugoslavos,
    tenho os nomes das cidades dos meus avós, mas não sei para
    qual país elas fazem parte atualmente, as cidades são Vrsac e
    Dobanovic, gostaria de saber quais documentos será preciso para
    dar inicio para retirada da cidadania. E qual consulado devo procurar.
    Podem me ajuda?

    • colaborador says:

      Olá Klayton, essas cidades ficam na Sérvia. Procure o consulado geral da Hungria pois provavelmente os seus avós e bisavós eram de etnia húngara.

    • Guilherme says:

      Boa tarde Kleyton, ambas as cidades ficam na Sérvia. Muito fácil conseguir sua cidadania.

  100. Leandro Danyr says:

    Olá a todos que visitam esse site, faço parte de um grupo no WhatsApp onde o intuito é a troca de informações sobre o processo para a obtenção da cidadania Húngara, quem estiver interesse é só enviar uma mensagem no Whats solicitando a entrada no grupo.

    Att Danyr.

    Número–>14 996035837

  101. Marianna Zavisch says:

    Olá, tudo bem?
    Eu queria tirar um outro tipo de duvida…
    Meu bisavô veio da antiga Iugoslávia, tenho o registro de estrangeiro dele que comprova isso, mas não sei de qual lugar ele veio, qual é o nome do país atual.
    Você sabe como posso obter essa informação?
    Obrigada

  102. karina says:

    Para obter o passaporte tem que falar o básico de húngaro, certo ? Quem não fala nada em Húngaro, pode levar um tradutor ?

  103. Hugo says:

    Olá,

    Meu Bisavós maternos nasceram na região da Galícia durante o período do Império Austro-Húngaro. Acha que eu poderia ser elegível a dupla cidadania húngara?

    • colaborador says:

      Olá Hugo, provavelmente nao, porque a Galícia nao fazia parte do Reino da Hungria.

    • Hugo says:

      Lembrando que entre entre 1867 e 1918 a região da galícia fazia parte do império Autro-Húngaro (assim como a republica tcheca, a eslovaquia, a croácia, a sérvia, metade da romênia e parte da itália). Minha pergunta é: Meus bisavós nasceram na região da galícia (que na época em que nasceram fazia parte do império autro-húngaro). Contudo, após 1918 a galícia foi dividida e hoje fazem parte dos territórios Ucranianos e Poloneses.
      Mesmo assim, a lei interpreta que eu sou descendente de húngaros e eu teria direito a cidadania?

      • Paulo says:

        Hugo, nosso caso é identico.
        Conseguiu alguma resposta?

        • colaborador says:

          Olá Paulo, poderemos ajudá-lo com a busca, se necessário.

        • SCHATTAN says:

          Pelo que foi dito em cima, ” Os húngaros que moravam naqueles territórios que a Hungria perdeu nas duas guerras mundiais perderam sua cidadania com os tratados de paz, obtendo a cidadania do país que ganhou este território. ”
          Ou seja entendo que vocês devem neste caso procurar o consulado daUcrania e da Polonia.

          MAS NÃO SOU DO CONSULADO E TALVEZ EU TENHA ENTENDIDO ERRADO

          • colaborador says:

            Se os seus antepassados nasceram numa regiao do Império Austro-Húngaro que era FORA do Reino da Hungria, entao realmente a solucao é pedir a cidadania ucraniana, polonesa, tcheca, italiana, etc – dependendo da localidade, é claro.

        • tatiane says:

          Também é meu caso Hugo e Paulo 🙂 alguma novidade? me falaram que tem que ver primeiro onde nosso ou nossa bisa/vo nasceu.. em qual parte da galícia. Tem que ver qual região nasceu, onde esta região está agora e parece que se ele(a) saiu antes de 1918, tem que ver as regras de cidadania do país onde esta parte de Galicia está agora.. pois no tratado do pos guerra, as pessoas decidiram suas nacionalidades. Esta foi a explicação que um historiador me deu.
          Meu bisavô se chamava Alberto Wadas nasceu em 1874 em Galicia e veio pro Rio Grande do Sul antes de 1900.
          Como se chamavam os parentes de vocês que vieram e pra qual parte do Brasil?

          • Lisiane says:

            Oi Tatiane, Hugo e Paulo!

            Me encontrei na mesma situação que vocês, meus antepassados saíram da parte polonesa do Império Austro Húngaro, mas a regra da Polônia é que devem ter se registrado no Consulado no Brasil após 1918 para continuar sendo considerados poloneses. Vou verificar se esse registro existe, porque acho que por aqui já perdi a esperança. Se vocês acharem alguma solução escrevam aqui! Obrigada!

  104. Marko Djuragin Neto says:

    Ola, sou filho de Pai Iugoslavo, herdei meu nome e sobrenome do meu avô que também era Iugoslavo. Meu pai nasceu na Iugoslavia, veio para o Brasil a muito tempo atrás, ele não chegou a casar com minha mãe no papel, porem sou registrado como filho dele. Gostaria de saber se consigo a cidadania. Obrigado

    • colaborador says:

      Depende de alguns fatores. Por favor entre em contato conosco pelo [email protected] enviando cópias dos documentos iugoslavos para nossa análise.

    • Guilherme says:

      Marko, a Iuguslavia fica ao sul da Hungria. Os territórios que pertenceram ao Império Austro Hungaro, são a Croacia, Eslovenia e a Voivodia na Servia. Voce deve identificar o local de nascimento do seu pai e requistar sua cidadania no país em questão que pode ser qualquer um desses.
      A Iuguslavia é um pais que existe recentemente. Se voce é filho dele no papel, voce tem direito sim a sua cidadania. Que pode não ser a Hungara, ou Corata, mas de qualquer desses países.
      att

  105. colaborador says:

    Olá Michele, sim, voce tem direito. Procure o consulado geral e explique o seu problema. Eles certamente ajudarao!

  106. Eduardo says:

    Os Bisavós da minha esposa dizia ser Alemão, más Porém encontramos a certidão de óbito dele,e na certidão fala q ele e de mitro vic-Yugoslavia,oq ela deve fazer pra ver qual direito de cidadania ela tem?

  107. Michelle Baló says:

    Bom dia!
    Gostaria de uma informação: estive no consulado húngaro em SP em 2009, se não me angano, para solicitar cidadania húngara uma vez que meu pai e meus avós (todos já falecidos) nasceram na Hungria. Meu pai se naturalizou brasileiro e por isso solicitaram a certidão de nascimento dele em Budapest, até aí, ok.

    O meu problema foi quando solicitaram a certidão de casamento dele com a minha mãe. Como meu pai era desquitado, não podia se casar com a minha mãe (com quem viveu mais de 30 anos e teve 2 filhos – eu e mais um irmão).

    Conforme fui informada, o fato de eles não serem casados no cartório civil, eu não sou reconhecida como filha legítima dele.

    Tenho parentes em Budapest que podem solicitar a certidão de nascimento do meu pai mas a questão da certidão (inexistente) de casamento dele que é o meu problema.

    Gostaria de saber se com a nova lei houve alguma mudança relacionada a isso.

    Obrigada,

    Michelle

  108. Thiago Feresin says:

    Boa tarde, Meu trisavô nasceu no Império Austro-Húngaro e chegou no Brasil ante do 1920 (tratado de St. Germain).
    Gostaria de saber se tenho direito a cidadania.

    • colaborador says:

      Depende. A cidade onde ele nasceu fazia parte do Reino da Hungria?

    • Roney Fiches says:

      Se não me falha a memória, lendo neste site mesmo, somente até a linhagem de bisnetos podem fazer a solicitação pela nova lei.. Da uma confirmada no site.

  109. Danilo Neimeir says:

    Olá. sou neto de húngaros, porém o meu pai foi registrado com erro de sobrenome.O meu pai é filho de Nemeth Inre e ELizabeth Kops Inre e foi registrado como Américo Neimeir Filho.Filho de Américo Neimeir e Elizabetta Neimeir.Tenho comigo certidões de casamento e óbitos dos meus avós e bisavós aqui no Brasil. com esses documentos tenho como provar descendência mesmo com o sobrenome do meu errado? obrigado

    • colaborador says:

      Olá Danilo, dependerá da análise das autoridades húngaras mas já vimos dezenas de casos parecidos e os processos foram aceitos sem problema algum.

    • colaborador says:

      Olá Danilo, parece que o seu endereco de email está com problemas pois as mensagens estao voltando. Por favor escreva para [email protected] e envie tudo o que vc tem escaneado (certidoes brasileiras, carteira de trabalho, RG, CPF, certificado de naturalizacao, diplomas, passaportes antigos, qualquer coisa) para a nossa pré-análise, OK?

    • Roney Fiches says:

      Olá Danilo,

      Erro nos nomes eram comuns, e isso não é um impeditivo desde que você consiga provar por meio de documentos a sua linhagem.

  110. Jane Ambroze says:

    Hoje dia da paz vi os emails de tantos filhos e netos de hungaros (aqueles que VIERAM FUGIDOS DA MISERIA, DA FOME, DA GUUEERRRAA) muitos em poroes de navios cargueiros.
    Vieram para o Brasil REFAZER suas vidas. Meus pais me contaram como tudo se passou. Choro hoje de agradecimento porque NAO SOU FILHA DE HUNGAROS que maltratam os refugiados da guerra. O que me consola eh que todos vao pagar pelos seus atos SUJOS de falta de respeito.

  111. karina says:

    Meu bisavô nasceu na Hungria. Eu queria muito a cidadania, porém acho que nem conseguirei, pois não sei falar nada mesmo de húngaro. Engraçado, que para ter cidadania italiana, espanhola, alemã entre outras nem precisa saber o idioma e justo a Hungria precisa saber falar, não faz muito sentido isso…

    • colaborador says:

      Olá Karina, nao é só na Hungria que temos essa lei. Na Romenia, Sérvia, Croácia também se pede que o requerente saiba falar o básico da língua.

    • colaborador says:

      Porque nao faz sentido, Karina? Para o que voce usaria a sua cidadania?

    • Mariane Engi says:

      Karina,

      Essas nacionalidades que você citou abaixo, são muito mais trabalhosas e difíceis de obter, até por conta do número de Italianos, espanhóis, portugueses…..vindos da Europa para o Brasil anos atrás. Conheço vários casos em que a espera é de dois anos ou mais, e o procedimento super burocrático e difícil.
      Para quem é bisneto de Hungaro, o procedimento é muito fácil, porém necessita-se a língua húngara como pre requisito para conseguir a nacionalidade. Eu estou tirando a minha nacionalidade húngara e fazendo aulas para aprender a língua. É bem difícil de aprender, mas não é impossível. E vale a pena, pois o processo em si, é muito simples.

  112. catarina gabnai says:

    Ola boa noite, sou neta de hungaros, ja falescidos, achei algumas pessoas pelo facebook e ate abrimos um grupo de Gabnai s, q vivem na hungria, gostaria de ter a dupla cidadania, falo ingles, e tenho disponibilidade e interesse em aprender a falar o idioma, pois nas minhas lembrancas de infancia, meus avos e bisavos, falavam no idioma, mas nunca sabia se estavam discutindo ou conversando. Cresci, c meus avos mantendo a culinaria hungara, c pratos tipicos em datas comemorativas, mas minha mae e minha tia, nao tiveram interesses, em fazer a dupla cidadania e buscar saber se temos parentes no exterior, ja q meu avo referiu uma vez, q havia ficado um irmao deles mais novo para servir o exercito, todos quando chegaram no brasil foram enviados p a fazendas dos junqueiras no interior de sp.

    • colaborador says:

      Olá Catarina, entre em contato com o Consulado Geral de Sao Paulo. Eles poderao orientá-la quanto ao tipo do seu processo, se será o tradicional ou o simplificado.

    • Roney Fiches says:

      Para tirar a cidadania pela nova lei, além de falar o básico do idioma húngaro, é necessário os documentos que provam a sua linhagem. Neste mesmo site tem um serviço pago (bem acessível) que eles tem auxiliam na busca. Eu mesmo precisei da ajuda deles, e eles conseguiram os documentos pra mim.

  113. Marcos Aurélio Bueno says:

    Bom dia!

    Meus Avos materno Iugoslavos, sobrenome ERLICH, tenho a carteira de identidade para estrangeiros e outro documento em Húngaro, uma carteira que tem em sua capa ” magyar királyi államvasutak ” com foto e datada de 1917.
    Será que consigo a cidadania pois a descendência e por parte de mãe.

    Agradeço a atenção e fico no aguardo

    Marcos Aurélio

    • colaborador says:

      Olá Marcos Aurélio, sim, voce tem direito a cidadania húngara, mas precisará aprender o idioma.

    • colaborador says:

      Sim, voce pode requerer a cidadania húngara. Envie esse documento escaneado para nós para uma pré-análise. Nosso email é o [email protected]

    • Roney Fiches says:

      Marcos se eu não me engano, você consegue sim a cidadania. Falarei por mim, meus avós eram da Iugoslávia, atual Eslovênia, e como o território já foi parte do império austro-hungaro e o local até hoje é uma comunidade de minoria húngara, posso pedir a cidadania, ou seja, mesmo que não seja a atual Hungria, você pode pleitear o direito pela nova lei.
      Neste site tem tudo explicado sobre a nova lei, e caso queira tem um serviço pago que eles auxiliam na busca da documentação. Exemplo eu: consegui as duas certidões de nascimento dos meus bisavós a Eslovênia e a tradução juramentada para o húngaro.

      • Hugo says:

        Olá Roney,

        Qual a data de nascimento dos teus bisavós? Eles nasceram na atual eslovênia entre os períodos de 1867 e 1918? Isso porque esse período é quando a Hungria fazia parte do império Austro-hungaro. Minha duvida é: Voce já confirmou no consulado da Hungria que quem é bisneto de quem nasceu em qualquer território deste antigo império, nos dias atuais teria direito a cidadania Hungara (mesmo não tendo linhagem 100% húngara)?

  114. Olá meu nome é Ricardo Blumen,meu bisavó é húngaro tenho chance da cidadania?

  115. colaborador says:

    Claro Carlos, escreva para nós no [email protected] e faremos a busca nos países que compunham a Iugoslávia (Sérvia, Croácia e Eslovenia).

  116. Junior says:

    Olá a Todos!

    Minha esposa é descendente de Hungaro, tendo o sobrenome Micsik, sobrenome este por parte de Pai.
    A) O Avô dela veio da Hungria, como conseguimos a documentação do Avô que foi perdida para dar entrada?
    B) Ela é obrigado a saber a falar o Idioma?
    C) Qual o custo para obter a cidadania?

  117. Wesley says:

    Ola, gostaria de saber se eu posso tirar dupla cidadania, meu avô pai da minha mãe é hungaro, gostaria de saber se tenho que aprender o idioma ? Tenho todos documentos que comprova a cidadania dele.
    É quais os primeiros procedimentos que devo tomar ?

  118. carlos says:

    Meu avô hungaro falecido veio como yuguslavio para o brasil,não tenho nenhum documento hungaro só certidão casamento e obto ( DOCUMENTOS BRASILEIROS ) tenho alguma chances ?

  119. william portik de assis says:

    Olá, meu avô era húngaro e tenho documentos dele como carteira de trabalho onde consta data de chegada ao Brasil e a cidade de onde veio na Hungria, certidão de casamento com brasileira e passaporte húngaro, gostaria de saber se com esses documentos consigo a cidadania tradicional e quais os procedimentos necessários.

  120. Olá a todos;

    Meu sobrenome Solyom é húngaro, assim como do Ex-presidente Lazlo Solyom, porém meu avô (pai do meu pai) veio para o Brasil em 1907 antes do tratado de 1911, sei que nasceu onde hoje é uma região da Romênia.
    Não tenho a certidão de nascimento dele, busquei a certidão de nascimento da minha bisavó, mãe da minha avó paterna na cidade de Szentendre quando visitei Budapeste em 2010. (está em mãos).
    a) Esta certidão vale como documento para eu requerer minha cidadania?
    b) Precisarei requerer primeiramente a cidadania do meu pai (hoje 73 anos) para depois requerer a minha?
    c) Eu não falo húngaro, poderei requerer assim mesmo se as questões anteriores forem positivas?
    d) Posso requerer a cidadania para a minha esposa legítima e filhos?

    Qual caminho seguir?

    Aguardo, grato;

    Wesley Solyom

    • colaborador says:

      Olá Wesley,
      a) sim, vale
      b) nao há essa necessidade, ele pede se quiser
      c) nao podemos dizer (sem examinar sua documentacao) se o seu processo será o simplificado ou o tradicional, recomendo voce entrar em contato com o consulado geral antes.
      d) sim, seus filhos certamente. Sua esposa precisará aprender o idioma num nível intermediário e só depois poderá requerer.

  121. Clederson Souza Droppa says:

    Boa noite.

    Estou em busca da minha árvore genealógica, e descobri que a origem do sobrenome Droppa é Hungara, pois meu Trisavô (ou tataravô), foi quem veio para o Brasil.

    Assim, a dúvida é a seguinte: o fato de ter sido meu tataravô quem veio diretamente da Hungria, e nao meu bisavô, eu teria direito a nacionalidade hungara?
    desde já grato.

    • colaborador says:

      Olá Clederson, Nao há problema algum. Se voce tiver os documentos húngaros do seu trisavô em maos, saber se comunicar em húngaro e apresentar todas as certidoes brasileiras que unam ele a voce(s), a cidadania simplificada será uma opcao muito viável. Se precisar de ajuda é só nos escrever!

      • Clederson Souza Droppa says:

        Muito obrigado pelo esclarecimento.
        Estou em busca dos documentos ja. Para o pessoal aqui do site, parece que no porto do Paraná há registros de Hungaros que desembarcaram lá por volta de 1895, com lista de sobrenomes.

        Ademais, como procedo para requerer a certidão de nascimento do meu triavô se ela estiver na hungria?
        agradecido

  122. André Heczler says:

    Sou filho de Pai Húngaro.

    Não sei falar o idioma.

    Posso requerer cidadania Húngara . . ?

  123. Thais says:

    Olá,
    Minha avó é hungara, assim como os pais dela (meus bisavós). Acontece que quando ela veio ao Brasil, ela se naturalizou brasileira. Isso significa que eu perdi meu direito a conseguir a cidadania hungara? Ah, e tem problema o fato da minha decendência ser via mulher, e não homem?

    Obrigada,
    Thais

    • Colaborador says:

      Olá Thais, Voce continua com o direito, pode procurar o consulado. Mas voce precisará aprender o idioma. Nao tem problema a descendencia ser por linha materna.

  124. Eros Baksa says:

    ola
    minha bisa veio para o brasil com o sobrenome de kadar, e o meu bisvó com o de Baksa,
    nao possuo documentos deles, posso procurar mais acho difícil, onde consigo localizar informações?

  125. Guilherme says:

    Olá, minha avó é filha de húngara,eu teria meus direitos de cidadão Húngaro?

  126. Alexa Borcsok says:

    Bom Dia,

    Preciso de ajuda urgente, sou cidadã húngara, moro no Brasil há 7 anos, numa cidade do interior de ES. No mesmo ano, que vim formalizei meu casamento com meu marido brasileiro, tenho uma filha de 6 anos. Nunca mais consegui voltar pro meu país. O meu passaporte vencerá ano , que vem. Quero visitar minha família no final do ano ou no carnaval de 2016, dependendo como consigo alinhar as nossas férias melhor. Fiquei pesquisando sobre o assunto e descobri, que para renovar meu passaporte preciso iniciar o processo meio ano antes do vencimento, e preciso de revalidar meu certidão de casamento. Se já for mexer com documentação queria fazer a cidadania da minha filha e talvez do meu marido, que pela lei ele também tem direito depois de 5 anos de casado sendo, que temos filho. A minha dúvida, como eu consigo dar entrada nestes processos? Tem que ser tudo pessoalmente? Pois moro muito longe da embaixada e não tenho condição financeira boa. Tem como resolver pelo menos algumas coisas por correspondência? Quanto tempo demora?
    Desde já agradeço a ajuda,

    Alexa

    • Colaborador says:

      Olá Alexa, infelizmente esse assunto terá que ser tratado pessoalmente no Consulado Geral de Sao Paulo ou na Embaixada em Brasília.

  127. Balogh says:

    Olá, eu gostaria de saber, qual o nível do idioma Húngaro é exigido oara obter a nacionalidade?
    Obrigado!

    • Colaborador says:

      Olá Diego, Depende. Voce precisa averiguar se voce se encaixa no “tradicional”ou no “simplificado”…

  128. Clovis says:

    Ola minhas sobrinhas natural da Inglaterra e filhas de hungaro, ( meu cunhado hungaro)
    Eu vou me casar com uma Hungara , na Hungria ou na Inglaterra, qual destes 2 paises seria ideal e menos trabalhoso para obter a cidadania hungara ? A futura esposa ( hungara ) quer ter a cidadania brasileira ela tera direito ? Por favor aguardo um breve retorno obrigado

  129. Carolina says:

    O meu tio avô era do antigo império austro-húngaro. Posso solicitar a cidadania?

    • Colaborador says:

      Olá Carolina, seu o seu bisavo (ou bisavó) nasceu no Reino da Hungria (que fazia parte do Império Austro-Húngaro) a resposta é sim, voce pode solicitar, mas terá que aprender o idioma.

  130. Thais says:

    Boa Noite,

    Existe a possibilidade de resgatar alguma documentação do meu avô, já falecido somente pelo nome. Seu registro segundo sabemos, estariam em Budapeste. A minha avó, atualmente com 93 anos não tem muitas recordações para ajudar-nos.
    Temos apenas as certidão de nascimento do meu pai brasileiro onde aparece o nome de meu avô, Armando Révész.
    Minha avó ainda nos relata que quando meu avô e sua mãe vieram para o Brasil, antes de 1929, eles desenbarcaram com sobrenome Révész porém o nome legítimo era Stekauer Grossman. Isso era possível mesmo?
    Existe empresas que fazem este levantamento?

  131. Petra says:

    Olá, sou casada com um cidadão húngaro, tenho direito a pedir cidadania? Perco a cidadania Brasileira? Você poderia passar qualquer informação, por favor? Desde já agradeço, muito obrigada por sua atenção.

  132. Danieli says:

    Olá,

    Meu marido possui cidadania húngara, pois seu avó era da Hungria e logo que ele nasceu o pai dele já fez a certidão de nascimento húngara. Será que eu e meu filho possuímos o direito de solicitar a cidadania? Pela informação que tive em 2007 era possível e agora?

    • Colaborador says:

      Sim Danieli, voces tem direito, mas voce (como esposa) terá que aprender o idioma. As criancas nao precisam.

  133. Eduardo rodrigues szell says:

    Olá boa tarde eu sou descendente de húngaro meus avós eram húngaros eu gostaria de saber se eu posso dar entrada na minha cidadania húngara porém não tenho nenhum documento deles apenas uma carteira de trabalho do meu avô
    e também eu não sei o idioma húngaro
    Ainda assim posso tirar a cidadania ?

  134. Ola fui casada com hungaro, sou viuva faz tres anos, e tenho dois filhos eles tem o direito de passaporte hungaro, gostaria de saber se eu tambem, obrigada……

    Aguardo resposta………

  135. Fernanda Monteiro says:

    Boa dia!

    Sou bisneta de hungaros. Ao requerer a cidadania eu teria que abrir mão da nascionalidade do meu pais de origem?

    Obrigada

  136. Olá, sou neta de húngaro é bisneta de alemães. Tenho os docomentos do meu vô, passaporte, com varias idas para Budapeste, identidade e tudo mais. Para requerer a cidadania, meu pai também deve tirar a dele? E eu devo obrigatoriamente falar o idioma para conseguir a cidadania?

    Obrigada

  137. Gostaria de me informar se consigo localizar algum descedente de minha familia na Hungria,sobrenome Delmicon.

  138. Hermina Pollak Ejzenmesser says:

    Boa Noite, meu nome é Hermina Pollak,
    Meu pai nasceu na Hungria , Budapest,
    Em 23/04/1929.
    Ele teve que fugir quandoa Hungria foi invadida pelos nazistas e não teve tempo de
    Levar os documentos.
    O unico documento que possuo é a certidão de casamento dos meus avos.
    O que preciso fazer?
    Aguardo retorno

  139. Ana Luiza says:

    Olá,
    Meu bisavô era de uma região da Romênia que depois da 1° Grande Guerra foi passada para Hungria. Ele veio para o Brasil em 1925.
    Tenho direito à cidadania hungara?
    Obrigada

  140. Artur Lovro says:

    Olá, temos antecedentes húngaros tanto do lado materno como paterno.
    Familias Mólnar e Jákus de lado materno e famílias Lovro e Farkás de lado paterno.
    Todos nossos avós vieram de lá e nosso pai ainda foi nascido em territorio do antigo Imperio Austro Húngaro, na atual cidade Croata chamada Djakovo.
    Falavamos bem o idioma húngaro quando crianças sempre que junto dos avós.
    Possuo a certidão de casamento brasileira de meus avós maternos e paternos, aonde se verifica o local original de nascimento na Hungria ( Békes Guyla )
    Gostaria de saber se esta documentação é suficiente, junto das respectivas certidões que comprovam a descendência.
    Outros documentos seriam ainda necessários ? se sim, quais ?

  141. Marcos says:

    Prezados Helton… E o caso de pessoas que moravam em regiões que pertenciam ao Império Austro-Húngaro (atualmente Polônia). Quando meus ascendentes vieram para o Brasil, por volta de 1890-1900, a região pertencia ao Império Austro-Húngaro. Qual seu conselho? Desde já agradeço.

  142. Eduardo Caione says:

    Boa tarde

    Meu avô deixou a Hungria por volta de 1950, se instalou aqui no Brasil, tenho alguns documentos dele, será que consigo a emissão de um passaporte?

    Att

    Eduardo Caione

  143. Violeta Cencipers says:

    Toda minha família materna e húngara, inclusive minha mae. Mas em 1956, no ano que nasci ela se naturalizou brasileira…. Tenho o os passaportes de meus avos, a certidão de casamento deles e a certidão de nascimento de minha mãe. Minha mãe imigrou para o Brasil em1924 aos dois anos de idade e só voltou ara visitar em 1996. Posso requere a cidadania húngara?

  144. Samuel says:

    Boa noite.

    Tenho algumas duvidas a respeito da cidadania húngara se é permanente ou provisória, sou neto de Húngaros inclusive tenho um passaporte Sérvio que pertenceu a minha avó que chegou ao Brasil durante a primeira guerra mundial , em seus documentos estão com nacionalidade Iugoslava tenho fotos de meu tio bisavô durante o período de guerra(I guerra) e também documentos que informam a chegada de meu avô materno no porto de Santos.
    Não falo o idioma somente minha mãe e avó falavam entre si.

  145. luciene says:

    Olá, sera ser tataraneta comsegue

  146. ANDRE TOTH NETO says:

    Ola,

    Bom dia…

    Sou neto de Hungaros e fiquei muito feliz com esta nova Lei, com os passaports dos meus avós, será possivel comprocar e solicitar a Cidadania?

    Muito Grato…

    André Toth Neto

  147. Daniela Soveges says:

    Olá, sou neta de Hungara minha avó já falecida e meus pais hoje são divorciados os documentos que tenho são atestato de obto, certidão de casamento dos meus pais. Sabe se terei de apresentar alguam documento da minha avó. Obrigada

  148. Carla Selinger says:

    Eu gostaria de saber se sendo Neta Paterna de Alemã que foi registrada na Iuguslávia pode tirar a cidadania Hungara e o que tenho que fazer ? Obrigada
    AGUARDO RESPOSTA

  149. dal ri says:

    ola meu bisavo vei para o brasil em 1877 ele nasceu em trento em 1834 e casou em 1865 em trento que era do império austríaco húngaro eu tenho direito a cidadania austríaca ou húngaro .att

  150. Juliana says:

    Olá,
    Sou bisneta de húngara e tenho interesse em tirar dupla cidadania, porém a nova lei diz que é necessário ter conhecimento da língua húngara. É realmente necessário? Pois tenho documentos comprovando que minha bisavó é húngara

  151. Roseli Varga says:

    Boa noite meu nome é Rose sempre soube pelos meus pais e meus tios que minha família paterna é de origem Húngara meu pai faleceu em 1976 e falava o idioma com seus familiares infelizmente não aprendi o idioma, pois ainda era muito jovem. Bom no momento gostaria de saber como faço para conseguir a dupla cidadania para meus dois filhos tenho alguns documentos de meu pai como certidão de casamento, identidade de estrangeiro, e certidão de óbito mas nos documentos consta que ele era da Romenia natural de Petreu , porém não localizo no mapa essa cidade . Por favor me orientem preciso saber como devo proceder. Ah meu pai e sua família vieram fugidos pós I gerra mundial em 1924, data também de nascimento de meu pai.
    Roseli fone 11 973383460 Brasil

  152. Julio Cesar says:

    Ola eu nao to lembrando se ele é meu bisavo ou apos isso, mas ele veio para brasil na epoca da guerra, chegando aqui no brasil ele deu nome e disse que nasceu no brasil, pois os cartorios da epoca eram precarios, mas conseguimos achar uma certidão que tem origem de registro la em budapeste, atraves disso eu consigo dar inicio a papelada, e o que nao tenho em maos atraves do proprio consulado em sao paulo consigo ir buscando as linhagem ate chegar a mim????

  153. luiz andré zselics torres says:

    olá,eu tirei minha cidadania húngara,pois tenho parentesco húngaro por parte de mãe.gostaria de saber se meu pai poderia tirar a cidadania também.ele nao tem parentesco na hungria e nao é mais casado com a minha mãe.

    obrigado

  154. thaiana says:

    para as famílias que vieram de Arad (que hoje faz parte da romênia), conseguimos a cidadania hungara mesmo assim?

    • tatiane says:

      thaiana, conseguiu descobrir? pq nao sei onde meu bisa nasceu na hungria mas queria saber tbem se caso foi em uma regiao q hj nao é mais hungara se ainda conseguimos cidadania…

  155. Paolla says:

    O requisito que ter conhecimento do idioma húngaro é primordial? Não há exceções? E o quanto eu deveria saber desse idioma?

  156. Imre Kiss says:

    Olá, Meu pai é Húngaro e saiu após o término da Segunda Gerra Mundial. Eu e minhas filhas tem direito a cidadania Húngara? Que documentos preciso levantar para levar a embaixada?

  157. Stefan Ridovics says:

    Meus bisavós e todos os seus filhos vieram de Arad em 1925 para o Brasil e possuo o passaporte original assim como a certidão original de nascimento do meu avô, todos em Romeno. Porém, meu avô sempre disse que era húngaro, falava em húngaro e mantia todas as culturas hungaras dentro de casa.

    Posso solicitar a naturalização hungara?

  158. carlos says:

    Olá.
    Meu nome é Carlos tenho 32 anos e mro em são paulo. Sou descendente de húngaros por meio das duas avós. No entanto, nos três casos, os territórios atuais não são mais Hungria. Todos eles vieram antes de 1929 e meus pais não são casados no civil.
    Desde pequeno tenho verdadeiro amor à Hungria. Não explicar o porquê. Aprendi o idioma e consigo ter uma conversa em nível básico. Mas preciso procurar a documentação original. Já tenho a cidadania austríaca, mas sabe como é, tenho sangue húngaro e os húngaros são muito nacionalistas, acho que herdei isso.
    Será que tenho chances?
    Köszönöm szépen.
    Viszlát.
    Carlos : )

  159. Caroline says:

    Meu pai é húngaro, mas se nacionalizou há cerca de 30anos. Meus avós paternos também eram, mas ambos já faleceram. Eles vieram para o Brasil durante a Segunda Grande Guerra. Eu consigo a cidadania húngara?

  160. Caroline says:

    Sou filha e neta de húngaros (com mãe brasileira). Mas meu pai nacionalizou-se. Eles vieram ao Brasil durante a Segunda Grande Guerra. Meus avós são falecidos. Consigo tirar cidadania húngara?

  161. VILMOS says:

    tenho um parente brasileiro que já conseguiu oa nascionalidade Húngara, ficaria mais fácil para eu solicitar?
    Poderia utilizar a documentação apresentada por ele para iniciar o meu processo de nacionalidade.
    Grato

  162. Claudio Nobrega says:

    Olá, gostaria de saber o seguinte, a avó materna do meu filho nasceu na Hungria acho q por volta de 1945, meu filho tem direito a cidadania, mesmo eu sendo separado da mãe dele ??? Obrigado.

  163. iolanda gnandt says:

    me chamo iolanda gnandt meus bisavós por parte de mae eram húngaros gostaria de fazer minha faculdade la e fiquei sabendo que existe um programa pra descendentes para que possam estudar na Hungria. Gostaria de saber se isso e verdade e se for como posso ter mais informações.

  164. Daniel Sebestyen Varea says:

    Meus Bisavós eram da Hungria, foram embora do pais por causa da guerra que estava tendo naquela época, não tenho nenhum tipo de documento, mais a minha preocupação é que eu não sei se eles voltaram para a Hungria para revogar a cidadania deles, creio que se passou mais do que os 10 anos previsto na lei que estava lendo nesse site.
    Poderia me informar se eu ainda teria direito de conseguir essa cidadania mesmo eles nunca terem voltado para a Hungria?

  165. Benicio Jose says:

    My mother in lo is Hungarian decent , i’m brazilian and I leave in England a 10 years , I would like to know if I have the right to get the europan cidadany ,tthanks

  166. Joao Vitor Sudul says:

    Meu bisavô veio para o Brasil em 1895, residia no antigo território Austro-Húngaro.
    Minha família dizia que eramos descendentes da Polônia (Galícia), mas ela só se tornou Estado após a vinda deles pra cá, portanto não é possível solicita-lá, na Austríaca ocorre a mesma coisa.
    Li em um site a seguinte informação referente à nova lei: “Qualquer pessoa de ascendência húngara ou do Império Austro-húngaro, mesmo que de terceira ou quarta geração, pode pedir a cidadania.” Gostaria de saber se mesmo que eles tenham morado em regiões que hoje pertence à Polônia tenho direito à cidadania Húngara.

    Aguardo ansiosamente uma resposta, Obrigado!

  167. Esther Regina Palm says:

    Eu sou neta de avós Húngaros, chegarão ao Brasil por volta de 1920, nunca se dirigirão ao um Consulado exatamente por terem ido morar no interior e desconhecer a lei, tanto que nenhum e nem outro sabiam que havia necessidade para tal. A minha avó era Húngara porém houve um problema político e acabou tendo seus documentos como romena, tanto que o (MODELO 19), não menciona nem a cidade em que ela nasceu, qto ao documento do meu avó, só sei que é da Hungria, pois existe o brasão. Qdo éramos pequenos eu e meus irmãos era conversado conosco em húngaro, porém qdo minha avó faleceu tudo isso se perdeu infelizmente. Quero muito saber da possibilidade de eu e minha filha termos a nossa cidadania, que alem de tudo nos da muito orgulho. Agradeço e aguardo resposta

    • admin says:

      Esther, tem condições sim, tudo dependerá dos documentos que possui. Saber o básico do idioma também será obrigatório, por isso já indico procurar cursos ou professores que estão na nossa página “onde estudar”.

      Fale com o consulado em são paulo para que eles possam avaliar sua documentação.

      Boa sorte

      Helton Falusi

  168. Esther Regina Palm says:

    Sou neta de húngaros, porem minha avó esta como romena, ela sempre nos disse que era húngara, tanto que o idioma falado era o húngaro, minha mãe quando criança ia estudar em escola húngara as missas que frequentávamos também era em húngaro, mas é tudo confuso, pois o (MODELO 19), que era o documento de estrangeiro era de nacionalidade romena, nem sequer mencionava a cidade que nasceu, quanto ao meu avô ele tem um documento inclusive com o brasão da Hungria , gostaria de saber se existe um consulado aqui m São Paulo para maiores esclarecimentos, e quanto a chegada deles aqui no Brasil é de muito tempo, creio que no ano de 1920 mais ou menos, também não falo o idioma, pois quando minha avó faleceu infelizmente o nunca mais se conversou em húngaro, pois a minha mãe é que falava mais, e tenho muito orgulho de pertencer ao LESTE EUROPEU, seria de muita importância para mim e e para minha filha sermos cidadã Húngara, gostaria de saber a possibilidade de me tornar uma cidadã, e qto a eles não terem procurado o consulado é por não saber nada a respeito, pois ambos nunca se tornaram cidadãos brasileiro. Agradeço e aguardo um retorno.

  169. PAULO ADALBERTO SZABADOS says:

    O meu Pai se naturalizou brasileiro, eu tenho direito a cidadania hungara?

  170. Bruno says:

    Sendo meus tataravós húngaros, mesmo tendo o passaporte deles, eu não posso tirar a cidadania?

  171. Marco says:

    Ola, por gentileza eu gostaria de uma informação, a minha Avó era Hungara, que virou Yuguslavia que agora é Servia, eu gostaria de estar requerendo o meu Passporte Europeu, para quem que eu pessoo a minha dupla nacionalidade?grato

  172. Renan Mehes says:

    Oi,

    Minha Vó ainda e viva e nesceu na Hungria, eu estou estudando na Inglaterra, como posso fazer para tirar minha cidadania aqui??nao Dali hungaro, isso pose impedir??

    Obrigado

  173. Isabel Revesz says:

    Meus pais nasceram na Hungria porém a Yugoslavia tomou uma parte da Hungria passando toda documentao como sendo eles Yugoslavos apesar de não entendermos nenhuma palavra e Yuqgoslavia (ex-Yugloslavia) e somente o húngaro. Temos o direitos da cidadania, ou seja,as filhos e netos?
    Obrigada
    Isabel

  174. Audrey Damo Karay says:

    Prezados, sou filha de pai húngaro, nascido em Szombathely, porém, ele já é falecido. Tenho alguns documentos que comprovam seu nacionalidade húngara, porém ao chegar ao Brasil, para arrumar emprego teve que se naturalizar brasileiro. Existe a possibilidade de nesse caso conseguir minha cidadania húngara? Grata, Audrey Damo Karay

    • admin says:

      Olá Audrey, Sim, se o seu pai nasceu em Szombathely voce tem direito a cidadania húngara. Entre em contato com o consulado e averigue quais os documentos necessários para voce dar entrada no processo.

  175. Tamires says:

    Estou tendo dificuldades em encontrar alguém que ministre aulas de húngaro no Rio Grande do Sul (mais especificamente Porto Alegre). Você tem alguém alguém conhecido nesta região que possa nos passar o contato?

    Obrigada.

  176. Altemir Patake says:

    Sou desendente de Humgaros, meu avo e minha avo vieram se refugiar no Brasil devido a guerra. Eu tenho o registro de casamento do meu avo mas na nova lei meus avos não quizeram nos encinar o idioma hungaro, pois eles diziam que era proibido falar este idioma…. enfim, este quizito é fundamental? E como devo proceder para entrar com o pedido de cidadania?
    Obrigado.

  177. Léo says:

    Gostaria de saber o seguinte. Minha futura esposa tem dupla cidadania, brasileira e hungara. Eu casando com ele também virou cidadão húngaro? Caso a resposta for negativa como posso conseguir isto? Obrigado.

  178. Michelle Baló says:

    Bom dia!
    Gostaria de uma informação: estive no consulado húngaro em SP em 2009, se não me angano, para solicitar cidadania húngara uma vez que meu pai e meus avós (todos já falecidos) nasceram na Hungria. Meu pai se naturalizou brasileiro e por isso solicitaram a certidão de nascimento dele em Budapest, até aí, ok.

    O meu problema foi quando solicitaram a certidão de casamento dele com a minha mãe. Como meu pai era desquitado, não podia se casar com a minha mãe (com quem viveu mais de 30 anos e teve 2 filhos – eu e mais um irmão).

    Conforme fui informada, o fato de eles não serem casados no cartório civil, eu não sou reconhecida como filha legítima dele.

    Tenho parentes em Budapest que podem solicitar a certidão de nascimento do meu pai mas a questão da certidão (inexistente) de casamento dele que é o meu problema.

    Gostaria de saber se com a nova lei houve alguma mudança relacionada a isso.

    Obrigada,

    Michelle

  179. BARBARA VITORIA SUZANA VIKTOR says:

    SOU FILHA DE HUNGAROS QUE CHEGARAM EM 1950, COMO POSSO CONSEGUIR A CIDADANIA? FALO HÚNGARO, MEUS AVÓS TAMBEM ERAM HÚNGARO E TENHO MUITOS DOCUMENTOS DE TODOS ELES AGRADEÇO DESDE JÁ A INFORMAÇÃO.

  180. Ronei Carços Hulala says:

    Boa noite

    Estou montando meu processo de cidadania, tenho todas as certidões mas tenho uma dúvida muito grande.

    Minha avó Sofia Toth mãe do meu pai nasceu no Brasil
    Os pais da minha avó nasceram e casaram se na Hungria
    Minha avó tem o sobrenome Toth que é de descendencia Hungara
    Minha avó casou se e passou a assinar Toth Hulala
    Meu nome é Ronei Carlos Hulala
    Então minha dúvida é.
    Eu consigo a cidadania Hungara pela minha avó mesmo não tendo Toth no meu sobrenome?
    Mas tenho todos os documento originais que comprovem que sou bisneto de Hungaro por parte da mãe do meu pai.

    Desde já agradeço sua atenção

    Aguardo respostas

    Ronei

  181. Natan Izler says:

    Olá
    Minha vó veio de Budapest apos a primeira guerra, e tenho muita vontade de encontrar essa parte da família, mas so tenho o nome dela na identidade do meu pai. Tínhamos o passaporte dela mas perdemos numa mudança, será que consigo documentos dela de cidadã brasileira aqui no brasil ?

    Tenho direito a cidadania Hungara? Desde criança sonho em visitar a Hungria e achar meus primos de segundo grau.

  182. Everton Alves says:

    Olá boa noite ! Eu queria saber quais são os passos que eu devo dar para iniciar uma nova vida na hungria, pois eu namoro com uma hungará a 1 ano e decidi e pretendo ir de vez para Hédervár afim de ficar com ela mas eu precisava de ajuda, para como eu possa fazer isso :\

  183. Dalma Pécsi Ramos Negreiro says:

    Én születtem Marosvásárhelyen, szeptember 2-ikén 1949-ben.
    Az én apám, Pécsi Antal született Január 21-én 1921, tehát a Trianon elött.
    Lakunk Braziliába most már majdnem 50 éve mert megérkeztünk december 23-án 1964-be. Irok és beszélek magyarul tehát 15 éves voltam amikor São Paulo-ba meg érkeztünk.
    Mindig amikor lehetöségünk van meg látogatjuk a családainkat Budapesten . Mondom hogy mi mert az én férjem mindig megy velem. Nagyon szeretném a magyar állampolgárságot!
    Én magyar vagyok! Itten vagyok Braziliába mert a szüleim elhoztak.
    Szeretném tudni hogy milyen dokumentet kell elküldjek vagy talán elvigyek hogy megkezdjem a magyarállampolgársák lehetöségét.

    Üdv.

    Pécsi Dalma
    Dalma Pécsi Ramos Negreiro

  184. Cibele says:

    Olá… Minha mãe é húngara e quero tirar minha cidadania e do meu filho, tenho os documentos, porém não tenho o conhecimento do idioma, qual o nível que vou ter que chegar para a entrevista? Pois não fomos ensinados por motivo de preconceito dos familiares brasileiros, agora preciso me atualizar. Tem alguma indicação onde aprender o idioma?
    Grata

  185. Tatiana says:

    Olá, sou bisneta de húngaro e tenho como comprovar, a minha dúvida é em relação ao meu marido e filhos, eles terão direito à cidadania húngara?

    Desde já agradeço, Tatiana.

  186. Alex Hulala says:

    Olá meu nome eh Alex Hulala e eu gostaria de saber se eu consigo tirar a Dupla Cidadania pelo meu tio , meu tio eh Bisneto de Hungaros e tem o sobrenome “HULALA” que eh igual ao meu , ele ja esta correndo atraz dos papeis e quase provando sua descendencia Hungara , entao se ele tirar sua dupla cidadania eu posso provar atraz dele e do meu sobrenome que tbm sou descendente ?
    Como eu poderia tirar a minha dupla cidadania ? mto obrigado =D

  187. Alex Hulala says:

    Olá meu nome eh Alex Hulala e eu gostaria de saber se eu consigo tirar a Dupla Cidadania pelo meu tio , meu tio eh Bisneto de Hungaros e tem o sobrenome “HULALA” que eh igual ao meu , ele ja esta correndo atraz dos papeis e quase provando sua descendencia Hungara , entao se ele tirar sua dupla cidadania eu posso provar atraz dele e do meu sobrenome que tbm sou descendente ?
    Como eu poderia tirar a minha dupla cidadania ? mto obrigado

  188. Ronei Carlos Hulala says:

    Boa noite tenho uma duvida muito grande e espero que voce saiba me orientar
    Meu bisavô nasceu na Hungria e seu sobrenome é Toth
    Minha avó nasceu no Brasil em 1926 e carrega o sobrenome Toth
    Mas minha avó casou com o meu avô que nasceu na Iuguslávia e passou a assinar Toth Hulala
    Meu sobrenome é Hulala
    Eu tenho direito a sidadania Hungara?

  189. murilo schulz says:

    bom dia !!!
    gostaria de saber se eu conseguiria dupla cidadania?tenho alguns documentos de que meu bisavo era nascido na hungria,e é preciso saber falar a lingua hungara?obrigado

  190. Daniel says:

    Por Favor, gostaria de saber sendo bisneto de húngaro não preciso mais morar no pais para dar entrada no passaporte húngaro?
    Não sei se tenho todos os documentos que precisa para retirar meu passaporte, gostaria de saber onde e como poderia buscar informações sobre meus bisavós a certo ponto que eu possa comprovar um grau de parentesco? Existem meios que eu posso realizar essa busca apenas com alguns dados deles?

  191. MATIJA DEMBERI JUNIOR says:

    Meu pai nasceu em 1920 e sempre me disse que era húngaro porém seu RG emitido aqui no Brasil diz que ele nasceu na Iugoslávia.Será que existe a possibilidade de obter a cidadania húngara e será q consigo obter sua certidão de nascimento dele através de algum cartório ou consulado

    • Carla Selinger says:

      Eu tenho a mesma dúvida que vc Matija, minha avó Paterna nasceu na Alemanha em 1921 porem foi registrada na Iuguslávia. não sei o que fazer eles não informam nada. Te passaram alguma informação?

  192. Carlos Albrecht says:

    Bom Dia,
    Com a nova lei, minha esposa tem como conseguir a cidadania com maior rapidez?
    Se não, quantas vezes eu e ela poderíamos deixar a Hungria no período de 3 anos e por quanto tempo? Temos negócios no Brasil e teremos que vir aqui para administrá-los.

    Att,

    Carlos Albrecht.

  193. Ricardo de Souza Abraham says:

    Olá
    Como vai?
    Meu avô nasceu na Hungria. veio para o Brasil em 1923.
    A unica coisa que tenho dele éo Atestado de Óbito. Será que tenho direito a cidadania húngara? Em relação ao idioma falo o básico.
    Köszönöm szépen

  194. Felipe Augusto Kiss says:

    Olá, meu nome é Felipe. Vô é Húngaro, e eu tenho a carteira de trabalho dele. Queria saber se posso tirar nacionalidade húngara. Meu pai não tem a nacionalidade. Eu posso tira-la?

  195. Maria Jose says:

    Bom dia,

    Minha mae veio para o Brasil antes de 1029, e nao voltou mais para hungria. Temos direito a cidadania? Se sim, preciso aprender o idioma?

  196. Vinicius says:

    Sou neto de húngaro, porém não sei o idioma húngaro e gostaria de obter a cidadania. Existe algum exame que é feito que eu possa me preparar para ele?

  197. CALEBE ZAMBONI says:

    Oi, meu avô é de Trento, e nasceu no período histórico em que Trento pertencia ao império Austro-húngaro, eu gostaria de tirar cidadania húngara, é possível? Obrigado.

  198. CALEBE ZAMBONI says:

    Oi, meu avô é de Trento, e nasceu no período histórico em que Trento pertencia ao império Austro-húngaro, eu gostaria de tirar cidadania húngara, é possível? Obrigado

  199. Beatriz says:

    *visitar

  200. Beatriz says:

    Meus bisavós eram hungaros, vieram ao Brasil fugindo da segunda guerra mundial, posso apenas vizitar a hungria? o que devo fazer?

  201. WIVIANNY VIEIRA DOS SANTOS LEAO says:

    EU SOU NETA DE HUNGAROS MINHA AVÓ AINDA É VIVA COM 97 ANOS DE IDADE, TENHO OS DOCUMENTOS DELA O QUE PRECISO FAZER PARA CONSEGUIR A CIDADANIA? SE EU CONSEGUIR POSSO IR PRA LÁ COM MEU ESPOSO ATRAVES DE MIM ELE ENTRA NA EUROPA? E DEPOIS QUE TIRA OS DOCUMENTOS POR QUANTO TEMPO VALE? SE FOR POSSIVEL ME RESPONDER DESDE JÁ EU AGRADEÇO? NÃO SEI FALAR EM HUNGARO MAS DESDE PEQUENA MEUS AVÓS CANTAM MUSICA NA LINGUA DELES E EU APRENDI ALGUMAS SE TUDO O QUE SEI FALA EM HUNGARO. MAS POSSO APRENDER .

  202. Romeo Sashalmi says:

    Gostaria de saber se alguem pode me passar alguns contatos de empresas que buscam certidoes na hungria?

    desde ja agradeco

  203. Katherine says:

    Ola!

    Estou muito anciosa e contente com a nova lei! O site eh exatamente o que faltava para os interessados no processo, estao de parabens!
    Meu avô nasceu em ARAD, que atualmente pertence a Romenia, porem era hungaro no nome, falava hungaro e vivia em colonia hungara aqui em SP. Acredito que ainda posso obter a cidadania hungara mesmo ele sendo romeno em alguns documentos..como o de obito. Minha duvida seria, como posso obter a certidao de nascimento dele na cidade de ARAD? porque fiquei sabendo que na Romenia para requisitar certidoes somente com advogado! Ja mandei email em Romeno mesmo e nunca me respondem… nao sei o que fazer..

  204. Fernando Godeny says:

    Boa tarde a todos.
    Meu avô deixou a Hungria antes de 1929 e sua cidade natal (cujo nome não me recordo no momento) pertence hoje à Romênia. No entanto, toda a documentação dele que restou hoje é húngaro. Sabem me dizer se ainda é possível obter cidadania húngara?
    Obrigado.

  205. Fernando Godeny says:

    Bom dia a todos.
    Meu avô deixou a Hungria antes de 1929 e a cidade natal (não me recordo o nome) hoje pertence à Romênia. No entanto os documentos dele são húngaros. Existe alguma possibilidade de que eu possa obter cidadania húngara?
    Obrigado pela atenção.

  206. Simone Szalma says:

    Oi tudo bem? meu nome é Simone Szalma , sou neta de hungáros , porém meus avós vieram para o Brasil antes 1929 e não retornaram mais para a Hungria e nem procuraram o consulado .Então gostaria de saber se eu e minha família temos direito a cidadania , visto que da mnha vó tenho Rg estrangeiro e o do meu avô esta como naturalizado .obrigado estou aguardando.
    Simone Szalma

  207. Nìcolas Matrai says:

    Olá pessoal, sou netos de húngaros e meus avós ainda são vivos, eles tem alguns documentos da Hungria ainda, não sei se são suficientes, creio que seja certidão de nascimento e/ou identidade e mais alguns outros. Eles vieram pra cá fugidos da Revolução Húngara lá por volta de 1949. Porém eu quase não tenho conhecimento na língua Húngara, isso será um impecílio muito problemático caso eu queira tirar a cidadania?

  208. Marcela says:

    Na nova lei, ainda há restrição para quem saiu antes de 29 ou não ‘confirmou’ sua nacionalidade no Brasil, independente do grau de parentesco?

  209. Douglas Szabo says:

    Oi meu nome é Douglas Szabo e gostaria muito de ter a minha nacionalidade hungara, minha mãe e nascida na Alemanha porém continua sendo hungara pois meus avós são hungaros, eu preciso apenas dos documentos?
    Outra questão minha mãe quer tirar o passaporte dela hungaro, para poder viajar, alguém sabe me informar algo?
    Obrigado.

    • admin says:

      Douglas, já enviei o seu e-mail para o consulado da Hungria em SP. Eles podem te auxiliar nos dois casos.

      Acredito que tenha ótimas chances de conseguir a cidadania.

      Boa sorte

      Helton Falusi

  210. Daniela Brügger says:

    Olá , meu avô chegou no Brasil em 1923, tenho o nº de seu registro no porto de Santos, e a cópia de uma carteira de trabalho emitida no Brasil com alguns de seus dados pessoais, ele era de uma cidade chamada “Valeabone”, no seu registro está confuso porque diz que o país é “Rumania”, o nome de seus pais registrado como “Antonio Marton” e “Maria Magyar Tujya”, ele afirmava que era húngaro mas nunca consegui localizar sua cidade na Hungria, recentemente encontramos partes de um documento dele e por coincidência tem dois selos da Romênia, como faço para tentar decifrar esse mistério? Obrigada pela ajuda!

    • admin says:

      Daniela, seu avô veio junto com os meus, possivelmente era da região de Arad, que hoje é romenia, por isso da documentação ser toda de lá. Seria importante ter algum documento de nascimento em Húngaro, mas o ideal é buscar informações na embaixada ou no expediente consular.

      Para buscar informações dos seus avós na Hungria, busque uma das empresas que estão dentro do link informações úteis.

      Obrigado,

      Helton Falusi

      • Daniela Brügger says:

        Obrigada Helton, vou tentar encontrar alguma informação, meu pai disse que teve uma guerra na Hungria com a Romênia nessa época e como a Hungria perdeu a região que meu avô nasceu foi tomada pela Romênia como “espólio” de guerra e posteriormente devolvida para a Hungria, não sei por qual motivo não mantiveram o nome “Valeabone”, mandei informações para o site “Galut Ltda” para tentar localizar parentes na Hungria, estou aguardando, muito obrigada pela atenção, ölelések!

      • Andreza Nagy says:

        Olá! No único documento que tenho do meu Bisavô, também diz que ele é natural de “Rumania”, mas minha vó sempre me disse que ele era Hungaro, mas não achei informações sobre a Rumania.. Na verdade ele seria natural da Romenia é isso? Portanto se eu quiser tirar uma dupla cidadania, teria que ser da Romenia ? Estou confusa..

        • colaborador says:

          Olá Andreza, Voce terá direito a cidadania HÚNGARA (já que aquela regiao fazia parte da Hungria), mas voce terá que aprender a língua para poder se comunicar com o consul.

    • magali martins says:

      O nosso caso e o mesmo. Todos os documentos de minha avo consta como rumania ou romenia e ela sempre disse que nasceu em Budapeste na Hungria. Nome Maria Juhay, filha de Juhay João e Kelemem Andrei Anna e nacionalidade do Rg esta escrito “hungarez*rumania” . Isto é possível ?

    • Mateus says:

      Noooooossa, que legal. Minha família veio de Arad e chegou no Porto de Santos em 1923 com documentos romenos mas cultura húngara. Será que nossa família se conhecia? 😮

  211. Luiz Roberto Despontin says:

    Olá, meus filhos são netos do húngaro KAREL WEISMANN que chegou no Brasil antes de 1929, não retornou a Hungria e também não procurou um consulado para manter a cidadania. Ocorre que meu sogro nasceu numa cidade que hoje pertence a Sérvia ( SIVAC ) e possuimos sua certidão de nascimento da Hungria (05/01/1921) e a atualizada da Sérvia. Eles teem direito a cidadania húngara? Se precisar, entram já num curso de húngaro. Infelizmente não posso passar minha cidadania belga pra eles, pois nasceram depois de 1985, qdo a lei belga mudou. Obrigado e aguardo breve resposta.

    • admin says:

      Luiz, não consigo te responder com certeza, pois não da embaixada, mas o documento de nascimento húngaro já é um bom começo. Indico que busque pelo expediente consular em São Paulo e fale com a cônsul, que poderá te orientar melhor.

      Boa sorte

      Helton Falusi

  212. LUIZ ALBERTO SPIERK says:

    Boa tarde!
    Helton muito obrigado pela resposta anterior; desta vez pergunto quanto tempo leva para a Embaixada fazer a pesquisa sobre antepassados na Hungria, no caso com todas informaçôes completas.

    Obrigado

    Luiz.

    • admin says:

      Luiz, não tenho ideia sobre isso. Pode usar uma das empresas indicadas na seção informações gerais desse site. Elas buscam na hungria para você.

  213. Hygor says:

    Tem como tirar a cidadania só pelo sobrenome??? eu não tenho os documentos do meu avô. a unica coisa que eu tenho dele é o nome dele como meu avô na minha certidão de nascimento.Na da minha e na da minha mãe!

    • admin says:

      Hygor, eu acho complicado. Deveria buscar informações dele na hungria, como cidade, data de nascimento, mas acho importante visitar um expediente consular e verificar com a cônsul.

      Boa sorte.

  214. CESAR POOR says:

    Prezado Helton,

    Sou bisneto e neto de húngaros. Meu avô nasceu em Arad em 1915 (hoje território Romeno) e saiu da Hungria antes de 1929. O único documento dele que consta a cidade de nascimento é na certidão de casamento dele (Casou-se no Brasil). No Brasil naturalizou-se brasileiro. Meu bisavô nasceu em hajdúböszörmény em 1878 e também naturalizou-se brasileiro. Minhas dúvidas são: a cidade natal na certidão de casamento é suficiente? O que se pode entender como conhecimento básico do idioma? Se puder me auxiliar, agradeço. Att., Cesar

    • admin says:

      Cesar, meu avós também eram de Arad e vieram antes de 1929. A única diferença é que conseguimos um documento húngaro de bastismo da minha avó, o que pode facilitar um pouco. Seria interessante você ter algum documento, mesmo que romeno, que seria traduzido. caso contrário, acho que deverá fazer uma busca lá em arad, com os registros dos seus parentes. Na seção de informações gerais do site tem empresas que fazem isso lá.

      Sobre o idioma, deverá conseguir falar sobre você e como ele é difícil, indico começar o quanto antes as aulas.

      Veja aqui quando terá expediente consular e venha tirar a dúvida sobre as suas possibilidades.

      Boa sorte

      Jó hétvégét

      Helton Falusi

      • Marcus says:

        Caros Todos,

        Acabo de usar o Galut, servico de busca de documentos na Hungria, e fizerao um excelente trabalho para mim.

        • Luiz Spierk says:

          Caro Marcos !
          Gostaria de saber como foi usar o seviço de pesquisa com o Galut na Hungria.
          Atenciosamente,
          Luiz

  215. Marcus says:

    Ola Helton,
    Minha avo nasceu na Hungria, mas os unicos documentos que tenho dela sao brasileiros: Certificado de Naturalizacao (quando ela se tornou cidada brasileira), Certidao de Casamento e Certidao de Obito. Todos esses documentos brasileiros dizem que ela era natural da Hungria. Esses documentos brasileiros originais, legalizados pelo MRE e traduzidos para o hungaro valem alguma coisa para provar que ela era hungara ou somente documentos originais emitidos na Hungria? Mais uma vez, obrigado pela ajuda. Marcus

    • admin says:

      Marcus, você deve falar diretamente com a embaixada. Se a cidade da sua avó ainda fizer parte da Hungria, já é um bom começo. Acompanhe aqui se terá expediente consular em São Paulo e venha falar com eles.

      Obrigado,

      Helton Falusi

  216. Pingback: textile industry news

  217. Francisco Broda says:

    Olá,

    Sou filho de Húngaro que nasceu na região da Transilvania que pertenceu a Hungria e que após o tatado de Trianon(1919) ficou para a Romenia. Meu pai nasceu em 1923 naquela região e junto com minha familia vieram para o Brasil em 1924. Me encaixo nesta nova lei?

    • admin says:

      Francisco, meus avós vieram na mesma época e me encaixei na nova lei, logo você também, mas deverá ter documentos e falar o básico do idioma. Fale com a embaixada ou visite o próximo expediente consular em São Paulo e traga todos os documentos que tiver.

      Helton Falusi

  218. marcio Soares says:

    ola.

    Minha esposa e hungara. somos casados a um ano, se consegue cidadania por casamento na hungria ou nao ? o que seria necessario para pedir o passaporte hungaro.

    obrigado

    marcio soares – londres

  219. Tamie says:

    Ola!
    Fiquei muito surpresa e feliz com esta nova lei.
    Já estou providenciando a documentação que possuo para entrar em contato com o consulado.
    Alguém teria o contato direto da embaixada ou do consulado em São Paulo?
    Observei no comentário acima que haverá um expediente consular em São Paulo em outubro,alguém tem mais detalhes?
    E alguma indicação de professor particular do idioma?

    Abraços e obrigada.

  220. nelson evandro dalcastagne says:

    ola tdo bem quero saber se tenho direito a cidadania hungara porque meu bisavo veio da humgria e tenho todos os doc de nascimento e casamento dele, mas hj se fala que e trentino a cidade de Torcegno e gostaria de alguma informacao
    sobre esta cidadania e se tenho direito.
    Familia Dalcastagne
    Archangelo Dalcastagne, nasc em 1829 em Torcegno, filho de Dominico Dalcastagne e waddalena Dalceggio.Casado com Carolina Maria Tazainer nasc 1850 em Roncegno filha de Valentino Tazainer e Rosa Boccher. E tenho os outros doc na sequencia ate o meu.
    Aguardo sua resposta o mais breve possivel. obrigado

    • admin says:

      Nelson, não tenho condições de falar se tem direito ou não à cidadania, mas eu diria que tem um bom cenário…fale diretamente com a embaixada, que darão todos os detalhes. Em outubro deve ocorrer o expediente consular em São Paulo e seria uma ótima chance de validar essa documentação.

      Boa sorte.

      Helton Falusi

  221. Marcus says:

    Muito obrigado por disponibilizar esse site informativo. Gostaria de saber como e a entrevista em Hungaro para o processo de cidadania simplificado. E esperado um nivel avancado de conhecimento do idioma? Que perguntas geralmente sao feitas? Obrigado! Marcus

  222. Mário says:

    Sou bisneto de hungaros, porém não sei quando sairam da hungria e de qual cidade vieram, estou tentando localizar algum documento e não consigo…..minha avó que poderia me prestar informações faleceu, bom não sei nem por onde começar, você tem alguma sugestão, caminho que eu posso seguir?
    Desde já obrigado, por manter uma pagina com informações e orientações.

    Mário

    • admin says:

      Mario, na página de informações do site tem links de empresas que localizam dados de pessoas na hungria. Veja todas as informações que possui dos bisavós e outras pessoas da família. Data aproximada de quando chegaram aqui pode ajudar a saber o local de saída…a embaixada da hungria em brasília talvez possa te ajudar também.

      Helton

  223. Carlos Albrecht says:

    Olá,
    Como a maioria das pessoas, eu tbm tenho muito interesse em obter minha dupla cidadania Húngara, e vou te fazer a msm pergunta q muitos fizeram…Meu avô (falecido) era húngaro de Györ e eu tenho alguns documentos dele como o passaporte original de 1926, certidão de casamento aqui no Brasil e de Óbito tbm…esses documentos seriam suficientes para dar entrada no processo?

    Obrigado.

    • admin says:

      Carlos, pelo que pude identificar, você tem ótimas chances de conseguir a cidadania, pois seu avô veio de uma cidade que ainda é hungria, possui documentos húngaros dele, porém precisará conhecer o básico do idioma. Se não tiver essa habilidade, indico que inicie o curso de húngaro, assim como eu fiz.

      Entre em contato com a embaixada (http://www.cidadaniahungara.com.br/informacoes-uteis/), indicandoq ue deseja informações sobre a cidadania. Se morar em São Paulo, esteja no próximo expediente consular com sua documentação. As datas podem ser confirmadas pela embaixada e também estarão no site da cidadania, assim que confirmadas.

      • Carlos Albrecht says:

        Obrigado e Bom dia,

        Ótima notícia, mas eu moro no Rio de Janeiro e agora a pouco liguei pra um consulado honorário e falei diretamente com o cônsul, eu já tinha ido ao consulado e falado com ele, apresentei a documentação e ele disse que eu não tinha direito, daí falei sobre a nova lei e ele pediu pra eu ir lá novamente…vamos ver no que dá. Ah ele perguntou se meu avô foi ao consulado para revalidar o passaporte, mas infelizmente ele não foi…ainda tenho chances?

        Abraço.

        • admin says:

          Sim, com a nova lei as coisas tendem a ficar menos burocráticas. Fale diretamente com a embaixada, pois estão com uma equipe específica para assuntos de cidadania.
          Segue contato de uma professora no Rio:
          Sarolta Kobori
          21 8552.5076

  224. LUIZ ALBERTO SPIERK says:

    Minha situação é a seguinte: meu avô veio de Budapeste em 1890, casou no Brasil, só que não consigo localizar a certidão de casamento dele, embora a certidão de nascimento vou conseguir porque tenho a data e local de nascimento: agora pergunto vai ser pedida esta certidão de casamento para encaminhar a cidadania ou basta a certidão de nascimento dele.
    Desde já obrigado!
    Luiz.

  225. Meus pais eram hungaros, sairam da Hungria para a Austria durante a segunda guerra. Viemos para o Brasil em 1955. Ficamos apatridas, naturalizei brasileiro e tenho dois filhos. Gostaria da cidadania hungara para mim e para eles. Gostaria de saber se minha esposa, brasileira, tem direito a cidadania ou pelo menos passaporte hungaro.
    Obrigado

  226. Andre says:

    Por favor, necessito de informações adicionais sobre os conhecimentos básicos do idioma húngaro exigidos para a concessão da cidadania. Existe uma prova? Há taxa? Onde é feito o exame? O exame é oral ou escrito? Qual é exatamente o nível de conhecimento que se exige? Há algum curso ou professor referenciado no Rio de Janeiro?

    Muito grato,
    André

  227. Danilo says:

    No site da hungria ainda fala do impedimento se o parente deixou a hungria antes de 1929. vc tem certeza que agora isso não existe mais?

    • admin says:

      Na verdade isso vale se você não encaixar no formato simplificado. Aí continuam valendo as mesmas regras de antes. Pelo que entendi da lei nova, ela não anulou as outras, mas anda em paralelo e a pessoa escolhe por qual meio pretende solicitar a cidadania. Se estiver na cidade de São Paulo e deseja a cidadania, vale marcar um horário com a Cônsul na casa húngara, nos dias 18 e 19 de agosto.

      Meus avós vieram antes de 29 e estou dando entrada na cidadania pelo formato simplificado, só preciso aprender mais do idioma para a entrevista.

      Abraço,

      Helton Falusi

  228. Rosimeire Krista says:

    meus avos paternos e bisavós eram da hungria….porem gostaria e saber se somente pelo meu sobrenome já nao me caracteriza um descendente da terra..
    minha avó paterna chamavasse Juliana Sank Krista e meu avô, Paulo Krista..sempre tive o interesse de aprender a lingua mais minha mae não permitia que meu pai ensinasse aos filhos,provavelmente por ela nao compreender..
    e tenho o profundo desejo de tornar me uma cidada hungara.

    • admin says:

      Olá Rosimeire,
      Somente o sobrenome nao caracteriza, a sua origem húngara deve ser comprovada através de documentos dos seus avós ou bisavós.
      Ache algum documento antigo e entre em contato com a Embaixada, eles farao a pesquisa.

  229. Roger Altnetter says:

    Ola,
    Sou bisneto de hungaro mas meus antepassados deixaram a Hungria em 1892.
    Com a nova lei, tenho direito de ter a minha nacionalidade hungara reconhecida ou como meus antepassados sairam do pais antes de 1929 nao teria mais direito? Se bem que minha familia eram de simples agricultores que foram instalados no interior do Rio Grande do Sul, longe de um consulado Hungaro para poder expressar seu desejo de manter sua cidadania hungara.
    Obrigado desde ja!
    Abraco,
    Roger

    • admin says:

      Olá Roger,
      Pela lei antiga voce nao teria direito a cidadania, pois seus antepassados saíram do país antes de 1929.
      Mas pela lei nova, que entrou em vigor dia 1 de janeiro de 2011, voce tem direito sim a cidadania húngara, contanto que consiga comprovar que um dos seus antepassados (bisavo ou bisavó) era cidadao húngaro e documentar toda a linhagem a partir deste antepassado, com certidoes de nascimento e casamento.
      O conhecimento básico da língua húngara também é um pré-requisito.

      • Roger Altnetter says:

        Muito obrigado pela resposta!
        Fui a Budapest algumas semanas atras pesquisar no Arquivo Nacional em Óbuda e encontrei o registro de nascimento do meu bisavo em Bakonyjákó (1875), algumas modificacoes de nome terao que ser feitas provavelmente, tenho que ver isso no Brasil. És akor beszelek kicsit magyarúl mert láktam Budapesten 3 évre 😉

        • Mirtis Malagutti says:

          Olá Roger, minha avó nasceu em Debrecen, encontro o registro de nascimento dela no Arquivo Nacional em Óbuda ou tenho que ir a Debrecen ????

          desde já agradeço
          Mirtis

        • Tatiane says:

          Oi Roger, tambem sou do interior do Rio Grande do Sul e bisneta de hungaros. Como anda tua pesquisa? você tem o endereço deste arquivo nacional em Budapest? Qualquer informação que puder me passar agradeço. Meu email é [email protected]